Cuidado! Veja 3 atitudes que você não pode ter após o treino

Algumas atitudes podem sabotar o seu treino e fazer com que seu corpo demore mais para responder aos seus exercícios. Este momento requer cuidado, e você precisa saber o que fazer para ajudar seus músculos a se recuperarem corretamente.

Não hidratar o corpo, ter uma dieta desequilibrada, e acreditar que deve treinar um pouco mais, é sabotar o treino. Nós separamos a seguir algumas atitudes que você deve observar se quiser melhorar seus resultados.

1 – Nunca esqueça de hidratar seu corpo

Veja aqui como a hidratação do corpo é essencial para o treino

Quando o treino acaba, seu corpo está quente com a atividade metabólica, a perca de líquidos é visível até nas roupas. Você precisa repor este líquido perdido, ou vai deixar seu corpo com um déficit de elementos anabólicos.

Sem água, ele se recupera mais devagar, e não cresce como deveria. A hidratação não precisa ser feita apenas com isotônicos, ou semelhantes. A não ser em casos de treinos muito exaustivos, por mais que duas horas, beber água já é suficiente.

Crie o hábito de ter uma garrafinha com água ao alcance da mão durante o treino também. E, durante todo o dia.

2 – Não se deixe abusar da dieta

O treino acaba e há quem corra direto para tomar um gigantesco milk shake, ou um hambúrguer com fritas. Afinal, o treino foi tão intenso que comer isto não fará mal. Aí é que mora o perigo.

“Colocar o pé na jaca” depois de uma atividade mais puxada é perigoso para todos que não são atletas profissionais. Seu metabolismo não vai dar conta de tirar o excesso, a menos que você treine muitas horas por dia.

Deste modo, a recomendação fica assim:

  • Musculação: proteínas e carboidratos.
  • Emagrecimento ou definição: proteínas, sem carboidratos.

A dieta não é para uma refeição pós treino apenas, é importante, durante todo o dia, manter uma alimentação balanceada. Não pense que você tira no treino os excessos que come a mesa, quando estes excessos se tornam hábitos.

3 – Evite sobrecarregar seu corpo

Cuidados para não sobrecarregar o corpo

Na outra ponta está quem não quer parar de ‘pegar peso’ mesmo depois do treino. Você sai da academia, e resolve ‘continuar treinando’ em casa, com serviços pesados que não estavam programados.

No começo pode até ser bom, colocar as coisas no lugar, carregar vasos com plantas, mudar os móveis. Mostrar como sua força está ativa. Mas, com músculos cansados, o resultado pode ser um quadro de sobretreino.

Normalmente o sobretreino é relacionado a:

  • Alimentação inadequada;
  • Recuperação inadequada entre treinos;
  • Aumentos bruscos da carga de treino;
  • Stress térmico;
  • Repouso insuficiente.

E quando acontece, impede o corpo de ganhar algum resultado com o treino. Quando você força demais, seu corpo para de responder, mesmo que você continue treinando.

Fique de olho!

Não pense que sobre treino só ocorre com atletas profissionais que se desgastam. O risco existe para qualquer um que saia das regras com o treino. Se perceber alguns dos sintomas a seguir, é hora de procurar ajuda:

  • Rendimento menor;
  • Não consegue mais pegar a mesma carga;
  • Sente mudanças hormonais;
  • Emagrecimento muito rápido;
  • Queda na imunidade;
  • Mudanças frequentes de humor;
  • Dificuldade de motivação e concentração;
  • Perda de apetite e apatia.

A boa notícia é que sobretreino se corrige facilmente, é só melhorar a nutrição e fazer o descanso certo.

Ter um dia de folga entre treinos não é o fim do mundo, ainda mais quando você sente que seu corpo já está cansado. É melhor do que ir além dos próprios limites – num sentido ruim –, e acabar perdendo tudo o que construiu.

É importante lembrar que não adianta nada trabalhar o corpo, e não dar a ele tempo para descansar. Privar o corpo do descanso dormindo é mais do que dar ao organismo um estresse desnecessário.

As fibras musculares que foram danificadas durante os exercícios são corrigidas – curadas – durante o sono. É ao dormir que a síntese proteica aumenta, e ajuda a construir uma camada de tecido muscular novo. Os músculos crescem, enquanto você dorme.

Por fim, tenha um registro de observação

Ver os ganhos refletidos no espelho são um excelente motivador visual, guardar as fotos é sempre bom. Mas, você pode também acompanhar seu desenvolvimento conhecendo melhor sua resistência.

É no momento que o treino acaba, quando você já fez:

  • Alongamento – não falamos, mas é importante alongar sempre, antes e depois do treino, porque ajuda a evitar lesões.
  • Tomou bastante água.
  • Está numa pausa antes do banho – uns 15 minutos, só para esfriar um pouco, e evitar continuar suando mesmo depois da ducha).

Que você pode se sentar por um instante, e registrar como foi aquele dia. Tudo está fresco na memória. Você sabe até, em que ponto da repetição você se cansou, por exemplo. Deixar de fazer isto não te prejudica. Mas fazer, ajuda bastante.


Este texto foi revisado pelo Profissional: Eduardo Lembi (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

1 Estrela2  Estrelas3  Estrelas4  Estrelas5  Estrelas (Ainda sem avaliações)
Loading...

Quem Leu Este Artigo também costuma ler:

Deixe um Comentário