Crudivorismo – Conheça esse tipo de dieta. É segura? Como fazer?

O crudivorismo é um tipo de alimementação, também conhecida como dieta viva, por se basear em alimentos crus. Veja os benefícios, perigos e como fazer!

O nome em si já é bastante sugestivo. Esta dieta é baseado no consumo de alimentos crus ou do inglês raw food. É importante mencionar que ela visa em sua maioria a ingestão de produtos de origem 100% vegetal e natural, o que tende a excluir qualquer tipo de alimento carnívoro, como as carnes vermelhas e também brancas.

Como Funciona

A ideia dela e que é defendida por muitos estudiosos, é que com o cozimento de alimentos, especialmente verduras e vegetais, acima de 42°C, grande parte das proteínas e enzimas benéficas acabam sendo desnaturadas. Ou seja, elas perdem seu poder de nutrição e não servem de muita coisa para nós.

como fazer dieta viva

Os problemas relacionados à desnaturação do alimento, é que o alimento pode sofrer alterações no sabor, perder grande quantidade das fibras alimentares, o que dificulta não só a digestão, como também a absorção de nutrientes e a formação do bolo fecal. Vale a pena comentar que todo alimento pode ser aquecido a uma temperatura adequada.

O grande segredo por trás da dieta, está em deixar que as sementes germinem. Isto é feito deixando-as em um recipiente com água da noite para o dia, uma vez feito isso, têm-se a germinação da mesma e consequentemente um maior potencial de seus nutrientes. O simples fato dos alimentos não passarem pelo processo de cozimento, faz com que esse tipo de alimentação também seja conhecido como dieta dos alimentos vivos.

Além da germinação, existem outros três métodos de preparos que são bem vindos a mesa de um crudivorista, sendo estes:

Hidratação

Ela faz com que os comidas muito duras como é o caso das nozes e amêndoas, grãos em geral, possam ser amolecidos, favorecendo o seu consumo em forma de purês ou pastas.

Extração de Suco

Através do equipamento correto, você pode adquirir o suco de determinadas frutas e vegetais, é ideal para quem quer uma bebida ou simplesmente caldas e molhos.

Desidratação

Ao contrário da hidratação, aqui você irá retirar toda a água da comida, fazendo com que ele desidrate. Este método é utilizado especialmente por pessoas que preferem realçar seu sabor, além de conferir a ele uma crocância extra.

Como Fazer

benefícios da dieta cru

No momento de preparar as suas refeições, são abolidas quaisquer formas de aquecimento extremo do alimento, ou seja, assar, fritar ou cozinhar, seja em forno ou fogão. Pode-se fazer no máximo o aquecimento dele, em faixas próximas aos 42°C, porém nunca a excedendo essa temperatura.

Em relação a ingestão de produtos totalmente crus, o hábito pode acabar variando de pessoa para pessoa. Alguns consomem tudo 100% crus, enquanto que outros consomem cerca de 70% de raw food, ou seja, da comida crua e os demais são aquecidos normalmente.

O que é permitido?

o que é crudivorismo

É permitido frutas in natura, desidratadas ou sucos feitos com elas; verduras e leguminosas, aquelas que passaram pelo processo de fermentação como o caso do chucrute. Grãos oleaginosos, amêndoas, nozes, e afins (nenhum deles pode ter sido torrado) são consumidos normalmente. Bebidas, leites vegetais e manteigas também podem ser utilizados. Cereais, sementes e brotos, como o de feijão, são uma ótima opção.

Em alguns casos pode-se consumir ovos e derivados do leite, caso eles sejam diretamente retirados da vaca ou da galinha, desde que não tenham passado por nenhum processo industrializados como a pasteurização. Os peixes crus podem fazer parte do crudivorismo, mas lembre-se de ele deve vir de procedência segura para não causar nenhum problema e não gerar nenhuma infecção. Não consuma carne vermelha crua, já que ela pode conter doenças e bactérias.

É seguro?

Um dos questionamentos mais comuns do momento de se procurar sobre o crudivorismo é em relação a saber se ela pode comprometer de alguma forma a saúde da pessoa ou não.

Desde que conseguiu adeptos ao redor do mundo e de se tornar cada vez mais conhecida, começou-se a fazer estudos para comprovar a sua eficiência. Sabe-se que ela é segura, não acarretando em problemas para a saúde. Entretanto, alguns cientistas afirmam que mudar da alimentação tradicional para a dieta viva, podem trazer alguns impactos.

Primeiramente, por que você não estava habituado a ingerir apenas vegetais, grãos, sementes e outros alimentos em sua forma crua. Isso pode fazer com que a sua imunidade acabe baixando. Além disso, é algumas pessoas alegam terem um aumento na fadiga, mas isso acontece por não manter uma alimentação equilibrada e balanceada e não pelo crudivorismo.


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário