Consequências de espremer espinhas – Deixa cicatriz? Como tratar?

Espremer espinha deixa cicatriz? Confira aqui as formas de tratar corretamente as espinhas e veja mias detalhes de como melhorar a aparência da pele

Não é incomum encontrar pessoas que tenham o péssimo hábito de espremer espinhas, isso porque espreme-las não é nada saudável e ainda pode lhe trazer uma dose extra de problemas, os quais você deve evitar.

As pessoas acabam espremendo espinhas e cravos também por causa da sensação que isso lhes passa, sendo algo bastante agradável. Aqueles que não possuem tal hábito, dificilmente entenderão como é.

espremer espinhas

Porque não espremer espinhas?

Listamos alguns motivos pelos quais você não deve espremer espinhas, talvez esse hábito seja algo muito comum para você, mas, após ler este artigo, você acabará repensando.

O primeiro de tudo é que, quando você espreme uma espinha, acaba deixando o poro do rosto aberto, expondo a pela a várias infecções, e muitas delas graves!

Pode até parecer um pouco surreal, mas uma dessas infecções é a meningite. Estourar uma espinha acaba abrindo uma porta de entrada para diversas bactérias.

O segundo ponto a ser comentado é que estourar uma espinha não irá fazer com que ela desapareça mais facilmente, muito pelo contrário! Acabará piorando a aparência da espinha. O fato de espremer uma espinha passa uma sensação momentânea de problema resolvido, quando, na verdade, é muito pior do que isso.

Além de tudo isso, você ainda vai acabar piorando o quadro de acne. Isso acontece porque não importa quantas vezes você limpe a sua mão, as unhas contêm uma grande quantidade e variedade de bactérias.

Você vai permitir que a inflamação da espinha permaneça por mais tempo, pois você acaba empurrando as espinhas mais profundamente na pele.

As cicatrizes da espinha podem ficar feias e tornarem-se bem duradouras – o que é algo terrível! Como se não bastasse todos os problemas com a espinha, ficar com a pele marcada é mais um deles.

Cuidados necessários para evitar as espinhas

É muito mais fácil prevenir as espinhas de surgirem do que de tratá-las depois que eles já estão na sua pele. Por isso, separamos alguns cuidados diários, para que você evite o máximo possível as espinhas.

1 – Remoção de maquiagem

Muitas maquiagens são compostas com óleos, que podem agravar ou fazer com que novas espinhas surjam no seu rosto. Por este motivo, é fundamental que, todos os dias, você retire a maquiagem e use os removedores corretos.

2 – Alimentação saudável

A alimentação também pode acabar influenciando no surgimento das espinhas. Alimentos muito oleosos, como sementes, gorduras e chocolates, podem influenciar. Mas, vale a pena ressaltar que isso é algo que acaba variando de pessoa para pessoa.

3 – Esfoliação de pele

Parte das células mortas da pele podem acabar tapando os poros, fazendo com que eles não tenha uma respiração adequada. Por este motivo, esfoliar a pele uma vez por semana, para retirar as células mortas é importante.

4 – Lavar cabelos

Muitas pessoas dizem que não se pode lavar o cabelo todos os dias, já que ele precisa de uma oleosidade natural, porém, isso pode fazer com que você desenvolva mais espinhas no rosto, uma vez que a oleosidade do cabelo entra em contato com a pele.

Como elas surgem

Como acontece o surgimento das espinhas, primeiramente é preciso saber que as espinhas nada mais são do que uma pequena inflamação na pele, podendo haver diversas causas para ela. No caso das mulheres, alterações hormonais podem ser um dos principais problemas, além disso, quem tem a genética mais propensa a ter espinhas pode sofrer bastante com esse mal.

Em outros casos, uma má alimentação pode influenciar nesse quesito, também. Acontece que tudo isso vai acaba estimulando a produção de oleosidade, e quando ela se acumula no poro, acaba tampando-o, impedindo a pele de respirar. Dessa forma, a pele acaba inflamando e, consequentemente, infeccionando.

Remédios indicados em casos extremos

Existem muitos remédios que são utilizados para casos graves de acne. Normalmente, os tratamentos começam com antibióticos, que visão acabar com as bactérias. No caso das mulheres, é possível usar um anticoncepcional, já que parte do problema pode ser hormonal.

Vitacid Acne é um remédio que contém o isotretinoína, que ajuda a promover a redução de acne. Em casos mais severos, é possível utilizar o Roacutan, um remédio controlado, que possui altas doses do isotretinoína, sendo comprado com receita.


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário