Congelando Verduras e Legumes da Forma Correta – Sem Perder seus Nutrientes

O ato de congelar alimentos pode parecer uma tarefa simples, porém, quando levamos em conta a quantidade de nutrientes que perdemos no processo de congelar e descongelar, o assunto fica mais sério, pois o processo garante a preservação de nutrientes. Veja como fazer e manter as propriedades originais!

O ato de congelar alimentos pode parecer uma tarefa simples, porém, quando levamos em conta a quantidade de nutrientes que perdemos no processo de congelar e descongelar, o assunto fica mais sério, pois o processo garante a preservação de nutrientes.

Quando falamos de alimentos com grande valor nutritivo, não podemos esquecer das verduras e dos legumes. Sim, aqueles alimentos que desde criança temos dificuldades em comer ou devido à correria do dia a dia nos fazem optar por comidas fáceis e rápidas, que, na maioria das vezes, são compostas por alimentos de baixo teor nutritivo.

Assim, por vezes, os legumes e verduras são esquecidos na geladeira e acabam estragando. Mas, como unir praticidade com uma refeição nutritiva? A resposta está em congelar os alimentos. Esta saída vem carregada por benefícios à saúde e ao bolso do consumidor. Confira o passo a passo de como fazer esse processo:

congelar as verduras

Podemos congelar qualquer verdura ou legume?

Infelizmente, não podemos congelar qualquer verdura ou legume, pois alguns sofrem alteração de sabor, textura, além de perda significativa dos nutrientes.

Não é recomendado congelar vegetais que serão usados crus na forma de salada, como alface, rúcula, agrião, escarola, pepino e rabanete. O tomate pode ser congelado na forma de molho.

Além desses, a batata também entra neste grupo, caso seja congelada crua, pois ela tem um elevado índice de amido que absorve muita água, tornando-a amolecida, esfarelada e escura, só podendo ser congelada em forma de purê ou de bolinhos.

Na família dos legumes que podem ser congelados estão:

  • Abóbora;
  • Abobrinha;
  • Alho;
  • Berinjela;
  • Cebola;
  • Chuchu;
  • Couve-flor;
  • Ervilha;
  • Brócolis;
  • Milho;
  • Pimentão;
  • Quiabo;
  • Cenoura;
  • Vagem;
  • Beterraba.

Estes são alguns vegetais que podem ser congelados, porém não basta simplesmente congelar. Para manter os nutrientes é necessário fazer de forma correta.

Como congelar verduras e legumes sem perder nutrientes?

como congelar verdurasO primeiro passo é de conhecimento de todos. Devemos lavar bem os vegetais, tirando as impurezas superficiais e fatiar, cortar, descascar, retirar partes estragadas ou talos e remover o topo do alimento. Estes procedimentos variam de acordo com as características de cada alimento e com os gostos pessoais.

Em seguida, vamos escaldar ou branquear os alimentos – este processo serve para remover as impurezas do vegetal em questão, eliminando enzimas que quebram os nutrientes e tiram o seu frescor, além de neutralizar bactérias presentes e retardar o processo de deterioração do alimento. Veja aqui como congelar as frutas!

Passo a passo do escaldamento ou branqueamento:

  1. Encher uma panela com água (use cerca de 4 litros de água para cada cerca de 450 gramas ou duas xícaras de legumes);
  2. Levar a panela ao fogo até que a água ferva;
  3. Colocar os legumes e verduras na panela, tampar e deixar por cerca de trinta segundos a dois minutos. É importante colocar os vegetais de forma gradual, para isso, use uma peneira;
  4.  Retirar e mergulhar os vegetais em uma tigela com água gelada ou passar na água corrente;
  5. Escorrer bem os alimentos, fazendo pequenos toques para que fiquem secos.

Cebola e alho não precisam passar pelo processo de branqueamento, basta lavar, secar muito bem e cortar.

Após o procedimento de branqueamento ou escaldamento, você deve armazenar os vegetais em vasilhas ou sacos plásticos transparentes, próprios para serem levados ao congelador, tais como sacos com abas adesivas, os zip loc. Se optar pelos sacos, tire o máximo de ar que puder antes de fechar.

É importante colocar cada vegetal de acordo com a quantidade que será consumida – tendo em vista que o alimento não deve ser devolvido ao congelador. Isso facilitará, também, o descongelamento.

Após embalar, identifique os sacos ou potes com a data do congelamento para um maior controle sobre a data de validade (que varia de 1 a 6 meses dependendo do vegetal).

IMPORTANTE: não manter por mais de seis meses no congelador, só ultrapasse caso o alimento tenha uma especificação maior de tempo.

como conseguir verduras

Para descongelar

Cada alimento possui sua especificidade na hora de descongelar, por isso é importante ficar atento. Alguns precisam ser descongelados em temperatura ambiente ou direto no cozimento, ambas as alternativas são validas.

Em sua grande maioria, os legumes e verduras são descongelados em temperatura ambiente. Neste caso, retire-os do congelador um dia antes do uso e coloque na geladeira, de preferência em uma bacia com água em temperatura ambiente.

 

O processo de congelar alimentos evita o desperdício e facilita muito na hora da refeição. Vale a pena separar um tempinho para realizar essa tarefa!


Este texto foi revisado pelo Profissional: Thais Karpowiski (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário