Comer muita fruta é bom ou ruim para manutenção da nossa saúde?

Desde bebês, quando deixamos a amamentação exclusiva e passamos para introdução alimentar, somos instruídos pelos médicos a nos alimentarmos de frutas. Geralmente nos lanches intermediários entre o café da manhã e o almoço e entre o almoço e o jantar.

Por isso, é de conhecimento geral que o consumo de frutas traz benefícios à manutenção de nossa saúde. Mas será que podemos nos deliciar de todos os tipos de frutas sem moderação?

As frutas, de modo geral, são alimentos muito saudáveis. Sua composição é repleta de Vitaminas, Fibras e Minerais. Elas são responsáveis por nos dar energia no dia-a-dia e também para regularizar nosso organismo.

A vantagem da fruta é que, muitas delas, podemos carregar para todo lado. Levarmos de lanche para o trabalho, em sua forma natural, em forma de suco ou, até mesmo, como vitaminas e misturadas em iogurte ou leite. Enfim, muitas são as maneiras de ingerir frutas na nossa rotina diária.

De que forma as frutas em excesso podem nos trazer mal?

Já sabemos que quando comemos porções adequadas de fruta diariamente, só teremos benefícios para nossa saúde. O problema é quando excedemos essa recomendação. Quando passamos do limite e ingerimos frutas demais todos os dias os níveis de glicose sobem rapidamente e assim, permanecem sempre altos no sangue.

E esses altos níveis de glicose no sangue fazem com que nosso organismo precise trabalhar além do normal para produzir ainda mais insulina (que serve para fazer a limpeza do sangue), e com isso, gera alguns problemas de metabolismo, como a própria Diabetes Tipo II.

Além do mais, temos que ter muita cautela quanto ao açúcar que vem naturalmente das frutas, chamado de Frutose. Ela é metabolizada muito rápido em forma de gordura, até mais rápido e direto do que a glicose. Com isso, em muitos casos, armazenam gordura no nosso corpo, e normalmente, na região abdominal.

Quem tem problemas renais, deve-se tomar ainda mais cuidado quanto ao consumo excessivo de frutas, porque a frutose pode trabalhar alterando o equilíbrio de eletrólitos no corpo, e esse desequilíbrio pode sobrecarregar os rins.

Problemas estomacais e/ou intestinais também tem que ter atenção redobrada no consumo de frutas em exagero. Pois, novamente, a frutose, é transformada em gordura pelo fígado. Essa gordura excessiva, não consegue ser eliminada do corpo de maneira precisa. E com isso, pode ocorrer até o aumento de peso.

Sucos de Frutas em excesso

Hoje em dia, por conta das grandes taxas de obesidades e problemas relacionados a má alimentação, as pessoas estão tentando ser um pouco mais rigorosas com aquilo que comem e bebem. Com isso, os refrigerantes estão ficando de lado, e estão entrando com toda força os sucos naturais.

O Suco de Fruta é saudável sim. O grande problema é que os sucos de frutas são feitos com várias frutas. Uma quantidade maior do que se fossemos consumir em seu estado normal – a fruta inteira. Por exemplo, um copo de suco de laranja é feito com, mais ou menos, quatro laranjas. E se fosse consumi-la ao natural, não comeria essa quantidade toda. Fora que, além de tomar o suco, você acaba ingerindo outras frutas durante o dia. Sendo assim, a chance de ingerir a fruta em excesso fica maior ainda.

Além da quantidade de frutas que usamos para fazer os sucos, também separamos a fruta de seus fluidos (para transformá-la em suco), perdendo muitos nutrientes e fibras, e dessa forma fazemos com que o açúcar da fruta seja absorvido de maneira mais rápida, e assim, aumentam também os níveis de açúcar no e de insulina no sangue. Sabendo disso, a partir de agora, temos que ter mais cautela ao preparar sucos de frutas diariamente. Principalmente se você for diabético ou estiver fazendo uma dieta de perda de peso.

Então qual é a quantidade ideal de frutas para consumir diariamente?

Em média, podemos consumir entre duas e quatro porções de frutas por dia. Quando falamos em porção, estamos nos referindo a uma fruta média, como uma maça ou uma banana média. Ou, se preferir misturar algumas frutas juntas para equivaler uma porção, tome como base uma xícara pequena.

É claro que se, um dia ou outro, você consumir mais do que o recomendado, não irá acontecer nada. Os efeitos surgirão quando você comer todos os dias em excesso.

Uma dica para consumir as frutas tranquilamente e sem se preocupar com a elevação rápida de açúcar no sangue, é consumi-las em conjunto com fibras ou com castanhas, avelãs, nozes e amêndoas, que possuem gorduras. Pois tanto as gorduras, quanto as fibras, auxiliam o corpo na absorção do açúcar de maneira mais lenta e gradual.

As melhores frutas para consumo

Abacaxi, Acerola, Ameixa, Amora, Abacate, Caju, Framboesa, Groselha, Jabuticaba, Limão, Laranja Lima, Maça Verde, Maracujá, Mirtilo e Morango, são frutas mais cítricas e que tem menos açúcar e menos carboidrato. Então, se você não abre mão de comer bastante fruta todos os dias, opte por essas.

Já as frutas que contém mais açúcares em sua composição e que devem ser evitadas em dias que você for consumir muita quantidade, são a banana, a maçã vermelha, o mamão, a manga e o figo.

É claro que, depois de ler esse texto, você não vai deixar de se alimentar de fruta, muito pelo contrário. As frutas têm nutrientes importantíssimos para a boa manutenção do nosso corpo. A questão aqui é consumir em excesso. A verdade é que sabemos que tudo em excesso faz mal. Bom mesmo é saber manter o equilíbrio, principalmente na hora da alimentação.

Esse vídeo fala um pouquinho mais sobre esse assunto tão pertinente. Que tal assistir?

 

Para saber as quantidades ideais de consumo, consulte um nutricionista.


Este texto foi revisado pelo Profissional: Thais Karpowiski (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

1 Estrela2  Estrelas3  Estrelas4  Estrelas5  Estrelas (Ainda sem avaliações)
Loading...

Quem Leu Este Artigo também costuma ler:

Um Comentário

  1. Graziele

Deixe um Comentário