Clareamento Caseiro: Quais Os Principais Riscos?

Que o Brasileiro é um dos povos que mais se preocupa com a estética e beleza no mundo inteiro isso não há dúvidas, sendo cientificamente atestado por uma pesquisa realizada pela Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica e Estética.

Um dos procedimentos que têm sido feitos a larga escala é o clareamento dental, geralmente realizado em clínicas odontológicas e especializadas. Porém, muitas pessoas arriscam-se em técnicas caseiras ou compram o material pela Internet esperando obterem os mesmos resultados. Mas, há benefícios ou riscos essa prática?

Os Riscos Do Clareamento Dental Caseiro

Clareamento Caseiro: Quais Os Principais Riscos?

Em entrevista para o Quero Vivem Bem, o Doutor Rogério Marcondes (CRO 11048/PR) – considerado o “dentista dos dentistas”, por atender colegas de profissão – afirma que o principal erro ao tentar realizar o clareamento dental caseiro é a falta de acompanhamento de um profissional.

Isso costuma acontecer pela venda livre do peróxido de hidrogênio ou carbamida, um item que não é exclusivo de profissionais do ramo, sendo possível que qualquer pessoa adquira um “kit” de clareamento pela Internet ou em lojas especializadas.

O problema está na necessidade da supervisão de um odontologista, já que o peróxido, quando utilizado da maneira errada, pode causar problemas graves. O Doutor explica que o erro começa quando o paciente tenta fazer sozinho, porém, somente o especialista sabe o tempo necessário de uso do produto, como realizar o procedimento e os cuidados necessários na hora da aplicação. O especialista ainda frisa que receitas caseiras de clareamento não são reconhecidas pela comunidade odontológica, pois não agem internamente nos dentes, apenas por fora, como é o caso da pasta de dente de clareamento, do Bicarbonato e da cúrcuma.

“É como a limpeza de um carro: deve ser feito por fora e por dentro, se não continuará sujo. Esses detritos externos costumam ser causados por vinho, café, Coca Cola, chocolate e outros alimentos, que são retirados com o uso de produtos abrasivos.”, comenta o especialista.

Vale ressaltar que algumas dessas receitas caseiras, comumente encontradas na Internet podem ocasionar danos piores aos dentes, seja em gengivas, esmalte dentário e corrosão dos dentes.

Complicações do Clareamento Caseiro Errado!

Esmalte danificado

Com o desgaste do esmalte dos dentes – uma camada fina e sensível que protege a estrutura dentária -, o paciente irá sentir muito mais sensibilidade às temperaturas dos alimentos ou a determinado gosto. Isso, geralmente, é ocasionado por métodos que têm como principais ingredientes o bicarbonato de sódio, carvão ou limão.

É importante, ainda, ressaltar que, diferente de outras partes do corpo, o esmalte dentário não possui a capacidade de regeneração, aumentando, assim, as chances de cáries, infecções e diversos problemas.

Problemas no Sistema Digestivo

O peróxido de hidrogênio, principal ingrediente desses kits de clareamento dental vendidos em farmácias ou pela Internet, é um composto químico que, quando utilizado em quantidade errada, pode afetar o funcionamento da garganta, do estômago e, até mesmo, do intestino.

Erosão Dentária

Clareamento Caseiro: Quais Os Principais Riscos?

Com o uso inadequado do material, é possível ocasionar a erosão dentária que, com o passar do tempo, torna a coloração dos dentes escura. Isso acontece pela falta do esmalte, deixando os dentes mais aptos a absorver a pigmentação dos alimentos. Leia, aqui, o que escurece os dentes.

Problemas na Gengiva

Outro problema que os processos de limpeza caseiros podem ocasionar é a retração da gengiva. Isso costuma acontecer pelo tamanho inadequado das moldeiras na boca, que precisam ser feitas sob medida para cada paciente.

Isso provoca problemas na estrutura óssea da mandíbula, ocasionando a periodontite, que, quando não tratada corretamente, tem como consequência a perda de dentes. Além disso, o uso de água oxigenada para bochecho provoca a absorção dessa substância pelas mucosas da boca, gerando inflamações em toda a região, até mesmo, na parte externa dos lábios.

Pulpite

Conhecida por ser a inflamação da polpa dos dentes, este é o local onde todos os nervos e vasos sanguíneos da estrutura óssea estão presentes. A dor é intensa e é possível que toda a polpa seja destruída rapidamente.

Quando esse tecido, conhecido como “pulpar”, está completamente exposto à saliva, é comum que úlceras ou o crescimento da gengiva aconteçam, o que gera a necessidade urgente de uma ida ao dentista mais próximo.

Por isso, se você quer ter dentes mais bonitos e com uma coloração mais clara, é imprescindível a ida a um(a) odontologista especialista na área – muitas vezes, o barato pode sair MUITO caro.


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário