Cinta abdominal ajuda a perder barriga? Não, mas você pode usar mesmo assim

Confira aqui se a cinta modeladora abdominal ajuda a perder a barriga e a emagrecer. ✓ Passo a passo de como usar ✓ guia de tamanhos

A cinta abdominal compressiva, também conhecida por cinta modeladora são tradicionais nos tratamentos pós-cirúrgicos – como depois de lipoaspiração, por exemplo. Entretanto,  o uso dessas fitas ganhou nova função depois da febre de famosos que passaram a usá-las durante treinos ou para passar o dia com o intuito de perder barriga.

Apesar da estratégia ter a cara dos modismos do século XXI, a técnica é usada desde o século XVI, na Inglaterra.  A exemplo estão os espartilhos, que funcionavam como uma cinta modeladora para manter o corpo feminino dentro dos parâmetros desejáveis para a época: quadril largo, cintura fina.

Se as cintas modeladoras já não eram recomendadas para perder barriga naquela época, atualmente continuam a não fazer efeito. Segundo o cirurgião plástico Francisco Neves, nenhum tipo de cinta têm a capacidade de fazer alguém perder gordura localizada e nem mesmo emagrecer.

O que acontece é que essas cintas ajudam a moldar o corpo, dando a ilusão de emagrecimento.  Na verdade,  a fita só ajusta a gordura localizada e a prende junto ao corpo. De roupa ela pode não aparecer, mas está lá.

No longo prazo, conforme mostram estudos fisioterápicos, a cinta modeladora pode estimular o reposicionamento dos órgãos – o que garantirá uma cintura ligeiramente mais fina. No entanto, o efeito não se mantém no longo prazo. Ou seja, se você parar de usar a cinta, seu corpo voltará a ser como era antes de usá-la.

Para deixar bem claro, a cinta modeladora não te fazer perder a barriga, no entanto, se usada adequadamente por debaixo de vestidos ou calças justas te ajudará a garantir um efeito de barriga chapada.

cinta modeladora para perder a barriga

VEJA TAMBÉM U+2192.svg Dieta para perder a barriga com cardápio completo 

Como usar a cinta abdominal

Na opinião dos médicos não tem problema algum usar a cinta modeladora, desde que o uso seja feito de forma correta .

Em primeiro lugar, é preciso ter a consciência de que a cinta não será responsável pela perda de gordura ou emagrecimento qualquer. Desse modo, ela deve ser utilizada somente como um tratamento coadjuvante para estratégias de emagrecimento que incluam uma dieta hipocalórica e a prática de exercícios físicos regulares.

está um passo a passo do que você precisa garantir para que a fita não te cause danos:

  1. cinta modeladora como usarUse uma cinta do tamanho correto: nada de procurar por tamanhos menores para tentar criar uma cintura mais fina na intenção de chapar a barriga. Uma cinta do tamanho certo será o suficiente para te ajudar a modelar o corpo e ainda será mais confortável. Além disso, usar números menores podem causar lesões musculares e até facilitar o aparecimento de varizes;
  2. Escolha um modelo confortável: antes de começar a usar procure adquirir uma cinta que tenha um tecido que permita a transpiração da pele e um modelo que permita a sua mobilidade e te mantenha confortável.
  3. Não use todos os dias: só use a cinta modeladora todos os dias caso haja indicação médica, o que provavelmente acontecerá no caso de um pós-cirúrgico ou para evitar dores lombares.
  4. Nada de passar de 8 horas diárias: segundo os especialistas deve-se manter o corpo livre por pelo menos 12 horas por dia, por isso, restrinja o tempo em que usa a cinta. Além disso, em hipótese alguma é recomendado dormir com a mesma, pois além de prejudicar o seu sono também pode te causara lesões;

VEJA TAMBÉM U+2192.svg10 alimentos para perder a barriga 

Tipos de cintas modeladoras

Há cintas modeladoras indicadas para cada caso. Por isso, vale a atenção na hora de comprar para ter a certeza de que o modelo escolhido não irá trazer prejuízos à sua saúde. Abaixo, segue as especificações das classificações encontradas no mercado:

  • Body: se parece bastante com um maiô. Dependendo do modelo pode ter bojo para realçar os seios e ajudar a modelar a cintura;
  • Cinta abdominal: a mais recomendada para quem quer esconder a gordura abdominal localizada;
  • Bermuda: se estende desde as coxas até a barriga, garantindo a modelação de toda a parte do quadril e cintura. Esses modelos são recomendados para quem quer esconder as celulites em roupas justas ou curtas;
  • Camisete: é muito parecido com o body, mas com a diferença de que não tem fechamento embaixo, por isso, pode enrolar na hora de colocar a roupa. Entretanto, a vantagem é que você não precisará desabotoar a cinta quando precisar usar o banheiro.

Tamanhos

Conforme indicam as tabelas das principais marcas de cintas modeladoras, os tamanhos disponíveis possuem a seguinte sugestão de medição:

  • P: serve em cinturas que medem de 60 a 68 cm de circunferência
  • M: serve em cinturas que medem de 69 a 73 cm de circunferência
  • G: serve em cinturas que medem de 73 a 82 cm de circunferência
  • XG: servem em cinturas que medem de 83 cm a 85 cm de circunferência
  • XXG: servem em cinturas que medem de 86 cm a 90 cm de circunferência

Devo treinar com cinta modeladora?

Muito da febre da cinta modeladora se concretizou depois da postagem de fotos de famosas como a Kim Kardashiam ou irmãs Kylie fazendo uso da cinta durante os treinos. Mas pode isso?  Sim, na verdade,  é até recomendado.

O uso da cinta modeladora durante a prática de exercícios físicos ajuda a queimar gorduras mais rápido porque faz com que a pessoa atinja alguns limites de extensão abdominal. Além disso, elas também podem evitar lesões.

Entretanto, para que funcionem é preciso que estejam ajustadas no tamanho correto e não provoquem prejuízo na mobilidade. Caso contrário, poderão causar mais danos do que benefícios.

cinta abdominal para treino

VEJA TAMBÉM U+2192.svg 5 melhores exercícios para perder gordura localizada

Contraindicações: quem não deve usar?

Se você se enquadra em qualquer uma das especificações abaixo não deve fazer o uso de cintas modeladoras sem a recomendação de um médico especialista:

  • Pacientes que tenham pressão alta, pelo fato de comprimir a passagem de sangue e causar ligeiro aumento de pressão;
  • Obesos, pelo fato de comprimir as veias e poder resultar em picos de pressão;
  • Menores de 18 anos, porque a cinta pode interferir no crescimento adequado dos músculos e ossos;

Gestantes também podem usar a cinta abdominal, desde que do tamanho certo e que tenham o máximo de conforto. Afinal, se nenhuma mulher gostaria de se sentir comprimida durante o dia a sensação tende a ser ainda mais desconfortável para aquelas que carregam um bebê.

Isso sem contar que o uso inadequado por longo prazo pode trazer diversos tipos de problemas de saúde, tal como o rompimento da placenta e compressão do útero, podendo até prejudicar o crescimento adequado do bebê.


Referências utilizadas neste conteúdo:

BRITISH JOURNAL OF NUTRITION. Self-reported waist circumference compared with the ‘Waist Watcher’ tape-measure to identify individuals at increased health risk through intra-abdominal fat accumulation. Disponível em <encurtador.com.br/imAL9>


MORBELLI, Wagna. Efeitos da compressão abdominal com faixa nos parâmetros respiratórios em voluntários normais. Disponível em <http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5160/tde-14102014-123442/en.php>


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário