Chá de inhame – Tabela nutricional, Benefícios, Como consumir e Receita

Você está em busca de alternativas para perder peso, além dos exercícios e da alimentação saudável? Saiba que o chá de inhame pode ajudar! Confira, aqui.

Sempre buscamos nos vegetais nutrientes que vão ajudar no funcionamento de nosso organismo, afinal, não há melhor caminho. E existem alimentos fantásticos para isso.

Um deles é o inhame. Tubérculo bastante conhecido, e apreciado. Mas, sabia que é possível fazer um chá dele? Já ouviu falar? Ele tem feito sucesso principalmente entre as mulheres, pois tem propriedades bem interessantes.

Confira, a seguir no Quero Viver Bem, quais os seus benefícios e como prepara-lo.

Chá de inhame

Tabela nutricional do inhame

O Inhame é um tubérculo originário da Ásia. Ele é cultivado há milênios, e chegou no Brasil no período colonial. Ele é comestível e também usado de forma medicinal. Seus principais tipos são:

  • Cará-da-costa;
  • Inhame-da-costa;
  • Inhame-do-egito;
  • Inhame-taioba;
  • Mangaraí;
  • Taioba-de-são-tomé;
  • Taro.

E dentro de sua tabela nutricional, é possível encontrar:

Chá de inhame

Para que serve o chá de inhame?

Como vimos, o tubérculo inhame é uma excelente fonte de minerais, vitaminas e carboidratos. Existem variações de nutrientes que dependerão do seu tipo (cará, taro, da costa, etc.). Porém, o chá desse vegetal é aplicado em várias situações, tais como:

  • Prevenção de doenças infecciosas;
  • Ação anti-inflamatória;
  • Diminuição da febre;
  • Aumento da imunidade;
  • Fortalecimento dos vasos linfáticos.

Algumas dessas serventias ainda são objetos de estudo. Mas, muitos especialistas apontam o chá como positivo para o organismo.

Benefícios do chá de inhame

O alimento é repleto de qualidades, e seu consumo regular proporciona benefícios incríveis, tais como:

  • Controle hormonal – esse é um dos seus benefícios mais buscados. Mulheres que enfrentam um desequilibro em seus hormônios, bebem o chá para melhorar a produção deles, sendo conhecido como estrogênio natural;
  • Redução de enjoos – o chá de inhame é excelente para gestantes que têm sentido muitos enjoos. Mas, nada de excesso! Vale lembrar que esse grupo não pode exagerar nos elementos medicinais, mesmo que sejam naturais;
  • Ajuda no desenvolvimento do feto – durante a gestação, as mamães que tomam o chá do inhame afastam o risco da má formação do bebê. O vegetal é rico em ácido fólico, substância fundamental para o desenvolvimento do feto;
  • Fortalecimento do sistema imunológico – por ter boa quantidade de vitamina C, o chá aumenta a imunidade, reduzindo os riscos de doenças;
  • Redução dos sintomas da menopausa – outro benefício motivado pelo bom número de ácido fólico no vegetal. Ele favorece a estimulação de neurotransmissores responsáveis por manter longe a ansiedade, muito comum durante a menopausa;
  • Tratamento de doenças – o chá é tomado para prevenir ou combater doenças como malária, febre amarela e diferentes tipos de dengue. Mas, vale lembrar que, a qualquer suspeita de uma doença dessas, é fundamental a ida ao médico; o chá servirá como complemento do tratamento.

As funções medicinais do inhame também estão na sua casca, e o preparo do chá parte dessa região do vegetal. Veja, a seguir como fazer.

[LEIA TAMBÉM: APRENDA, AQUI, SOBRE AS PROPRIEDADES MEDICINAIS DO INHAME!]

Inhame

Receita de chá de inhame

As pessoas, normalmente, ficam na dúvida de como preparar o chá. Existem algumas receitas e formas diferentes para fazer a infusão –confira as dicas mais conhecidas.

Preparo básico

O chá é feito da casca do inhame, então, ao cortar as rodelas do tubérculo, separe as cascas. Depois, lave e coloque-as em água fervente, por 5 minutos. Deixe repousando por alguns minutos ou até esfriar. Coe antes de tomar.

O chá de inhame deve ser consumido no mesmo dia.

Algumas pessoas preferem limpar por completo a casca do inhame, retirando aquela gosma. Não tem problema, é só manter a integridade da casca.

Quantidades

A medida de água é de um copo de 250ml para alguns pedaços de cascas de 1 inhame inteiro. Se não conseguir tomar a porção toda, separe em duas partes, mas tome o quanto antes.

Quando tomar?

O chá de inhame é recomendado para mulheres que estejam enfrentando sintomas severos da menopausa, que sentem dores ou outros desconfortos. O ideal é que se tome em jejum.

Vale salientar, também, que se deve escolher um inhame de procedência, de fornecedores que não usem agrotóxicos no plantio deste alimento. Dessa forma, há a garantia de comprar um produto bom e saudável.

Gostou do conteúdo? Então, confira, também, Suco de Inhame – Benefícios, Como consumir e Receitas!


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário