Celulite – Causas e principais formas de prevenção e de tratamento

A celulite é um mal que afeta tanto mulheres quanto homens, ela geralmente acontece quando há um excesso de peso em determinada região do corpo. O seu aparecimento, muitas vezes, pode afetar a autoestima e, em alguns casos mais raros, até machucar a região afetada.

Veja aqui informações completas sobre a celulite, como ela é ocasionada no corpo, como evitar ou diminuir o seu aparecimento, quais são os procedimentos indicados para remoção e muito mais.

celulite-causas-e-tratamento

O que é a celulite?

Conhecida pelo nome oficial de Lipodistrofia Ginóide, ela é considerada uma infecção bacteriana da região subcutânea, ou seja, uma inflamação na pele.

Ela é uma alteração derivada pelo acúmulo de gordura, água e toxinas em algumas células do corpo, o que as deixa endurecidas e com desníveis (geralmente com o aspecto de casca de laranja). Em alguns casos, há a ocorrência de nódulos na região.

Problemas de circulação e do tecido fibroso também são algumas das causas desse mal.

Quais os tipos de celulite?

Os graus de celulite podem variar de acordo com cada corpo, porém existe uma escala que avalia o nível dessas marcas, conhecida como “Cellulite Severity Scale”, método que foi desenvolvido por dermatologistas brasileiras.

Essa classificação avalia as seguintes questões:

  • O número e a profundidade das marcas;
  • As áreas elevadas da celulite;
  • Lesões que estão elevadas;
  • Se há a presença de flacidez.

Essa divisão é repartida entre: leve, moderada e grave. Desse modo, fica mais fácil conseguir determinar qual o tratamento mais eficaz para cada tipo.

Principais causas

Existem vários motivos para que essas pequenas marcas tomem conta do corpo, entre as mais comuns estão:

  • Excesso de peso;peso-ideal
  • Alteração do índice de gordura do corpo e da massa muscular;
  • Excesso de hormônios no corpo;
  • Alterações na circulação sanguínea;
  • Cigarro;
  • Estresse;
  • Má alimentação;
  • Poluição;
  • Falta da prática de exercícios físicos.

Fatores de risco mais comuns

Segundo dermatologistas brasileiros, a celulite é mais existente entre mulheres do que em homens – cerca de 8 a cada 10 mulheres possuem esse mal em alguma parte do corpo, principalmente nos quadris, nas nádegas e nas coxas.

Isso é mais comum nesse sexo pela estrutura das fibras do tecido conjuntivo feminino, que é bem diferente do masculino.

Até mesmo pessoas magras podem ter celulite, porém se você está acima do peso e quer emagrecer uma grande quantidade de peso verá uma diferença notável na diminuição dos pequenos buracos.

Ter o metabolismo lento, uma dieta rica em gorduras, alterações de hormônios e estar desidratado são outros fatores que propiciam o aparecimento da celulite.

Quais os principais sintomas?

Ela não é considerada uma condição grave no corpo, porém pode causar incômodo nas mulheres por uma questão de estética.

Em casos mais graves, é possível perceber:

  • A pele afetada mais fria;
  • Endurecimento da região, dores e sensibilidade;
  • Pele com aspecto incomum.

Tratamento para a celulite

A celulite pode ser tratada por meio de um dermatologista ou com um cirurgião plástico – a escolha vai depender da questão financeira e da preferência do paciente.

Uma opção é a drenagem linfática. Ela é um dos procedimentos usados para resultados rápidos, consistindo em uma massagem que melhora a circulação local, eliminando os líquidos que estão acumulados na região. Ela não reverte por completo os casos mais avançados, porém pode melhorar muito o aspecto do local.celulite blocker

Há também a massagem modeladora, ela estimula a eliminação do líquido que está acumulado no corpo, atua sobre o sistema linfático e sobre as placas de gordura.

Existem, também, outros procedimentos mais incomuns mas que podem produzir efeitos visíveis dentro de algum tempo, que são:

  • Cremes anticelulites;
  • Endermologia;
  • Radiofrequência;
  • Mesoterapia;
  • Cirurgia a laser;
  • Carboxiterapia;
  • Criolipólise;
  • Ultrassom com lipolíticos;
  • Gesso liporredutor;
  • Subcisão;
  • Lipocavitação;
  • Ondas acústicas;
  • Corrente russa.

Dicas para prevenir a celulite

Existem vários hábitos diários que podem ser incluídos na sua rotina para que seja menor o aparecimento de celulites ou a sua piora. Veja abaixo quais são as dicas:

  • Ter uma alimentação saudável e equilibrada;
  • Tomar, pelo menos, 2 litros de água, diariamente;
  • Diminuir o consumo de sal;
  • Ter a prática de exercícios físicos diária;
  • Ficar menos tempo sentado(a).

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário