Carboidrato – Engorda? Faz mal? Quanto comer?

Você sabe qual é o tipo de nutriente considerado o “mal nutricional” do século ou aquele que é tido como o sabotador de dietas? Então, esses são apelidos dados ao carboidrato, que, apesar de sua fama, tem responsabilidades e funções muito importantes no organismo.

Quando consumido em excesso, qualquer alimento engorda! Mas ultimamente apenas os carboidratos tem levado essa fama. Por isso, que tal aprender mais sobre esse nutriente?

 

carboidratos que fazem mal

Carboidratos –  o que são e para que servem?

Os carboidratos enquadram-se como macronutrientes, assim como as proteínas e as gorduras, e têm a função principal de fornecer a maior parte de energia que o nosso organismo precisa.

Não somente isso, eles regulam o metabolismo proteico, poupando, assim, as proteínas. Além desta, o carboidrato evita a oxidação das gorduras e, de maneira consequente, evita a acidose metabólica (é a acidez em excesso do sangue e dos fluidos corporais).

Para atletas, os carboidratos são essenciais para o fornecimento de energia durante os treinos, melhorando a performance e evitando o cansaço. Caso contrário, pode ocorrer catabolismo – que é a perda de massa muscular –, fadiga e até tonturas e desmaios.

Para praticantes de atividades físicas em geral, os carboidratos são importantes pela função de ativação da produção de insulina, o hormônio que transporta a glicose para dentro das células. Isso facilita – e muito – a formação dos músculos.

<< Veja os segredos revelados dos carboidratos e a quantidade certa para comer sem fazer mal!>>

Tipos de carboidratos

Antes que você descubra quanto deve consumir deste nutriente, saiba que os carboidratos são classificados conforme o índice glicêmico, no qual existem os:

  • Carboidratos de baixo índice glicêmico;
  • Carboidratos de médio índice glicêmico;
  • Carboidratos de alto índice glicêmico.

O índice glicêmico dos carboidratos pode alterar conforme a forma de preparo e dependendo do que você irá consumir juntamente com ele. Proteínas, gorduras e fibras diminuem o índice glicêmico dos carboidratos e a carga glicêmica da refeição.

Para maior entendimento, quando se está falando de índice glicêmico, você deve pensar na capacidade que um alimento rico em carboidrato tem em elevar os níveis de açúcar no sangue (glicemia, por isso o nome “índice glicêmico”) e, como consequência, liberar a insulina, após ocorrer a absorção pelo organismo.

Ainda, os carboidratos são divididos de acordo com a sua estrutura, sendo duas:

  1. Complexos;
  2. Simples.

Os carboidratos simples, também chamados de refinados, são os carboidratos mais comuns e possuem alto índice glicêmico. O que isso significa:

  • Há um pico de energia no organismo, ou seja, a glicemia sobe rapidamente e logo cai;
  • Possuem rápida absorção.

São eles: açúcares, mel, farinhas brancas, arroz e pão branco, massas, balas, bolachas, chocolates, refrigerantes.

Já os carboidratos complexos são aqueles que têm baixo índice glicêmico. Isso caracteriza-os pela produção menor de insulina no sangue e absorção mais lenta, não causando picos.

Os complexos têm a capacidade de prevenir o diabetes e, até mesmo, o acúmulo de gordura, por isso são extremamente recomendados. Porém, mesmo sendo muito mais saudáveis, é preciso consumir a quantidade certa, sem exageros.

Exemplos: tubérculos (batatas, mandioca, inhame), arroz e pães integrais, aveia, quinoa, frutas.

Carboidrato faz mal? Como consumir?

carboidratos que mais engordam O carboidrato faz mal quando consumido em excesso, assim como qualquer outro nutriente presente na nossa cadeia alimentar. A ingestão sem controle pode provocar um aumento de peso considerável, principalmente em pessoas sedentárias.

A falta do nutriente, por outro lado, também, traz consequências:

  • Fadiga;
  • Perda de cognição;
  • Dificuldade de concentração;
  • Fraqueza;
  • Cansaço;
  • Entre outros sintomas.

A questão é ingerir o carboidrato certo na quantidade correta, para que haja o bom funcionamento do organismo.

Todos os carboidratos podem ser ingeridos em quantidades apropriadas, levando-se em conta a sua necessidade.

Curioso para saber quais são os carboidratos que mais engordam? A lista abaixo acaba com o suspense! Note que aqueles que mais engordam, geralmente, são os carboidratos do tipo simples!

  • Pães;
  • Açúcares;
  • Massas;
  • Arroz branco;
  • Mel;
  • Bolos;
  • Doces e alimentos ricos em açúcar refinado e farinha branca.

Não se pode definir a quantidade certa de carboidrato que cada pessoa deve ingerir – isso é uma tarefa de um nutricionista, pois deve-se analisar a sua necessidade metabólica, ou seja, a necessidade de energia proporcional à quantidade de energia que você gasta no dia a dia.

No entanto, você pode ter percebido que a ingestão de carboidratos complexos são ideias para uma dieta balanceada, pois são ricos em fibras e nutrientes, têm baixo índice glicêmico (como explicado anteriormente), saciam mais e com menos calorias e, ainda, fazem com que o metabolismo seja estimulado de forma totalmente natural.

Dessa maneira, aposte em:

  • Pães de grãos integrais;
  • Cereais em farelo (quinoa, aveia, amaranto, entre outros);
  • Frutas frescas;
  • Arroz integral;
  • Tubérculos como batata doce, mandioca, inhame.

Para criar um cardápio orientado para as suas necessidades e tirar dúvidas sobre o consumo de carboidratos, procure um nutricionista. Adote essas dicas para ter uma vida mais plena e saudável – os carboidratos precisam permanecer em seu prato, diariamente, mas com a consciência sobre as suas vantagens e desvantagens.


Este texto foi revisado pelo Profissional: Thais Karpowiski (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

4 Comentários

  1. NATALIA KELLY DA SILVA SANTOS
    • Quero Viver Bem
  2. Marivania batista Silva Teixeira
  3. GENI F. BASTOS

Deixe um Comentário