Camomila – Benefícios, Tabela Nutricional, Consumo e Contraindicações

Você sabe quais são os benefícios da camomila? Confira, no Quero Viver Bem, a tabela nutricional, dicas de consumo e contraindicações de uso dessa erva!

A camomila é uma planta da família Asteraceae. É uma das ervas mais utilizadas na medicina alternativa, sendo emprega especialmente em chás indicados para o tratamento da rinite alérgica, inflamações, insônias, lesões intestinais, hemorroidas, etc.

O chá de camomila possui efeitos sedativos, antiespasmódicos e emenagogos, além de ação antialérgica, antiinflamatória, anti-séptica, eupética e tônica.

Benefícios da camomila

Camomila

Melhora a digestão

A camomila é tradicionalmente usada para tratar diversos problemas relacionados à má digestão, como gases, refluxo, indigestão, diarreia, enjoo, náuseas, vômitos, etc. Isso porque a camomila tem propriedades relaxantes.

Ajuda com a ansiedade, o estresse, a depressão e a insônia

Isso também devido às suas propriedades relaxantes. Por ser um remédio natural, não agride o organismo nem causa dependência, podendo ser uma boa aliada ao tratamento desses problemas. Também, pode ajudar a controlar a hiperatividade.

Tem função antioxidante

Por conta dessa ação, pode ajudar a remover as impurezas da pele e as inflamações, ajudando, também, no fortalecimento do sistema imunológico e prevenindo o envelhecimento precoce.

Ajuda a aliviar as dores, inclusive das cólicas

Isso porque a camomila tem propriedades antiespasmódicas e analgésicas, acabando com os espasmos de dor, promovendo o relaxamento do corpo. Também diminui os gases no intestino.

Contraindicações

A camomila é bem tolerada, mas não é recomendado seu consumo durante a gravidez e tampouco aplicados diretamente nos olhos. O consumo também pode desencadear crises alérgicas em pessoas com alergia à camomila.

A camomila não deve ser usada, também, por pessoas que fazem uso de medicamento anticoagulantes, pois o consumo pode provocar hemorragias, podendo colocar a vida do indivíduo em risco.

Camomila

Como consumir camomila?

A maneira mais tradicional de consumir a camomila é com os chás. Graças à sua função relaxante, o mais aconselhável é ingeri-la durante a noite, pois isso certamente ajudará a ter uma boa noite de sono.

Entretanto, ele pode ser consumido a qualquer horário do dia. Abaixo, separamos uma ótima receita de chá de camomila para que você faça uso desse tão antigo remédio natural!

Chá de camomila

 Ingredientes:

  • 250 ml de água;
  • 1 colher de sopa de camomila em pó ou 1 punhado de flor de camomila.

Modo de preparo: leve a água ao fogo até ela entrar em processo de fervura. Depois, desligue o fogo, acrescente a camomila em pó ou as flores de camomila inteiras, deixando cozinhar por cinco a dez minutos, com a panela tampada. Deixe o chá esfriar e beba.

[CONFIRA TAMBÉM: 10 BENEFÍCIOS DO CHÁ DE CAMOMILA!]


Este texto foi revisado pelo Profissional: Thais Karpowiski (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário