Caldo de cana – Benefícios, Tabela Nutricional, Consumo e Contraindicações

O caldo de cana se configura como uma bebida extremamente popular no Brasil. O seu consumo está associado à exploração da cana-de-açúcar e à própria produção da cachaça.

Muitos afirmam que o caldo de cana tem propriedades importantes para a saúde. Você quer saber se isso é verdade? Então, continue conosco e verifique como consumir e quais são as contraindicações da bebida para a sua saúde!

Tabela nutricional do caldo de cana

Caldo de cana

Proveniente do processo de moagem da cana-de-açúcar, o caldo de cana é conhecido também aqui em território brasileiro como “garapa”.

Basicamente, ele é o líquido resultante desse processo. O suco, em especial quando consumido logo após a moagem ou em mesmo pouco tempo depois do processamento, mantém inúmeros nutrientes, tais como:

  • Ácidos fenólicos;
  • Ácidos graxos;
  • Cálcio;
  • Carboidratos: sacarose, frutose, amido e glicose;
  • Cloro;
  • Cobre;
  • Ferro;
  • Flavonoides;
  • Fósforo;
  • Magnésio;
  • Manganês;
  • Minerais;
  • Potássio;
  • Proteína;
  • Sódio;
  • Vitamina C;
  • Vitaminas do complexo B.

Por exemplo, ao consumir 250ml de caldo de cana, você garante a ingestão de 40mg de fenólicos!

É curioso dizer que o caldo de cana é responsável pela origem dos diferentes tipos de açúcares de cana, como o açúcar mascavo e o demerara, além do combustível etanol, dos subprodutos (entre os quais a fibra de cana, o melado e a rapadura) e das bebidas alcoólicas (cachaça e rum).

Benefícios do caldo de cana

Caldo de cana

O caldo de cana é energético e utilizado para finalidades medicinais, como no tratamento de doenças e seus sintomas.

Estudos continuam sendo realizados para verificar outros benefícios do caldo de cana, mas, por enquanto, o que se sabe sobre essa bebida é que ela tem a capacidade de:

  • Agir de forma antitrombótica;
  • Diminuir a sensação de fadiga muscular;
  • Estimular o sistema imunológico;
  • Melhorar a recuperação dos tecidos musculares;
  • Melhorar os processos inflamatórios;
  • Repor energia em atletas;
  • Ter ação antioxidante.

O caldo de cana ainda atua como cicatrizante e ajuda a tratar aquela sensação de “embrulho” no estômago, provocando o arroto.

Como consumir o caldo de cana?

O consumo da bebida está bastante relacionado com o pós-treino e durante os períodos de competição, nos quais os atletas precisam de mais esforço físico, mesmo com um menor tempo de recuperação.

O caldo de cana pode ser consumido em sua forma pura ou com a adição de algumas frutas, como o limão, o abacaxi e as demais frutas ácidas, pois elas se encaixam perfeitamente com o sabor adocicado da bebida.

A recomendação de ingestão do caldo de cana é de 150ml por dia, pois a bebida já possui mais de cem calorias e uma boa quantidade de açúcares.

Caldo de cana

Contraindicações

Se você provavelmente já ouviu falar de algum caso em que o caldo de cana fez mal para alguém, saiba que isso provavelmente está ligado às condições de higiene no local em que a cana-de-açúcar foi processada, além da própria higiene do manipulador e do produto em si (se a cana foi armazenada de forma apropriada antes de ser processada).

Ou seja, casos de intoxicação alimentar só acontecerão em condições assim.

O caldo de cana não faz mal. No entanto, algumas restrições e orientações devem ser feitas para determinados grupos de pessoas, como:

Gestantes

Para grávidas, o consumo de alimentos que podem ter contaminação ou trazer infecções, principalmente pelas condições higiênico-sanitárias, como é o caso do caldo de cana, fica proibido.

Isso também inclui a possibilidade de desenvolvimento de diabetes gestacional.

Mulheres que estão no pós-parto

Durante o período de repouso do pós-parto, o caldo de cana é evitado, pois pode provocar hemorragias.

Após esse período, a lactante pode consumir a bebida par ajudar na produção do leite materno.

Diabéticos

Para pessoas diabéticas, o caldo de cana também deve ser evitado, por conta do alto índice glicêmico da bebida, que é composta de sacarose, frutose e glicose.

Pessoas com hemorroidas

Consulte um médico ou nutricionista antes de fazer uso do caldo em sua dieta, afinal é interessante verificar se você não possui qualquer restrição de saúde para aproveitar essa bebida maravilhosa.


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário