Cafeína – Benefícios, Como tomar, Indicações e Contraindicações

A cafeína é um suplemento que funciona como um estimulante natural, oferecendo mais energia para realizar rotinas básicas, bem como para executar treinos esportivos e de musculação.

Além disso, a cafeína dá suporte no processo de emagrecimento, acelerando a perda de peso. Como entrega resultados em curto prazo, o produto é bastante procurado e utilizado.

Benefícios da cafeína

Cafeína

A cafeína diferencia-se por ser altamente eficaz e entregar benefícios expressivos. Confira, aqui, quais são os principais obtidos quando o consumo do suplemento é regular:

Ganho de energia e disposição

A cafeína atua diretamente no sistema nervoso central, inibindo a atuação da adenosina, que é uma substância que se acumula no cérebro durante o dia e causa sensação de cansaço e sonolência.

Por isso, ao fazer uso do suplemento, é possível ter mais energia e disposição no dia a dia, causando impactos positivos no rendimento do trabalho, dos estudos e também no desempenho em treinos esportivos.

Ajuda no emagrecimento

A cafeína tem ação ­termogênica, o que significa que o suplemento acelera o metabolismo, levando o organismo a queimar uma quantidade maior de gordura, especialmente na região abdominal.

Com isso, há uma perda de peso rápida, sem precisar fazer exercícios físicos intensos para atingir resultados expressivos, portanto, o sofrimento na academia é menor.

Mas, há uma pegadinha: a cafeína só ajuda a emagrecer quando consumida em quantidades consideradas ideais ao organismo. Quando se faz uma superdose (acima do que é recomendado diariamente), a cafeína aumenta o cortisol no sangue, hormônio que estimula o ganho de peso.

Portanto, tomar uma quantidade elevada de cafeína não acelerará o emagrecimento, pelo contrário, ajudará a engordar. Se a finalidade do uso do suplemento for a perda de peso, faça a ingestão da maneira correta para obter o resultado esperado.

Melhora do humor

A cafeína contribui para a liberação da dopamina no organismo. Trata-se de um neurotransmissor que ativa o cérebro, aumenta a produtividade, regula e melhora o humor durante o dia.

Prevenção de doenças neurodegenerativas

A cafeína é capaz de reduzir a produção da beta-amiloide, que é uma substância presente em quantidade elevada no cérebro de portadores do Mal de Alzheimer. Ao fazer uso do suplemento, é possível minimizar a chance de desenvolvimento dessa doença, inclusive de outra neurodegenerativa, o Parkinson.

Proteção do coração

O suplemento possui função vasodilatadora, o que reduz significativamente o risco de desenvolvimento de doenças cardíacas, garantindo o bom fluxo sanguíneo no coração e pelo corpo.

Redução de enxaqueca e dor de cabeça

A maioria dos medicamentos destinados a eliminar a enxaqueca ou a dor de cabeça possui cafeína em sua composição. Isso se deve ao poder vasodilatador da substância, que ameniza esses problemas de saúde e acelera o funcionamento dos remédios.

Eliminação da retenção líquida

A cafeína tem ação diurética, o que quer dizer que combate e elimina a retenção de líquidos, removendo toxinas do organismo. Com isso, há o fim dos inchaços, a redução de medidas e a melhora visível da celulite, com diminuição do aspecto de casca de laranja da pele.

Como tomar cafeína?

Cafeína

O consumo da cafeína deve ser feito durante o dia, preferencialmente pela manhã, já que o suplemento possui efeito estimulante. Se fizer a ingestão de noite, há o risco de não conseguir dormir facilmente.

Caso queira utilizar o suplemento como suporte em treinos e ter mais energia, faça a ingestão meia hora antes da atividade física, para assegurar a melhor absorção do produto pelo organismo e atingir os resultados esperados.

Quantidade ideal diária

A quantidade ideal de cafeína a ser consumida para obter todos os benefícios do suplemento é de 300 a 400 miligramas por dia. Se quiser tomar mais do que isso, converse com um médico para receber uma recomendação personalizada e segura para a sua saúde, porque doses muito altas podem causar efeitos colaterais.

Efeitos colaterais

  • Irritabilidade;
  • Insônia;
  • Tontura;
  • Taquicardia;
  • Tremor;
  • Náusea e vômito;
  • Diarreia;
  • Dependência de cafeína;
  • Dor de cabeça;
  • Desidratação.

Indicações e contraindicações

O suplemento de cafeína é especialmente indicado para quem deseja investir em um estimulante natural para ter mais energia no dia a dia. Além disso, é recomendado para quem busca um suporte para emagrecer.

No que se refere à contraindicação, o produto não deve ser usado por idosos, crianças, gestantes e lactantes, inclusive por quem possui:


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário