Café – Nutrientes, Benefícios, Tabela Nutricional, Consumo e Contraindicação

Você sabia que a origem da bebida é africana, mais precisamente da região da Etiópia? Estudos relatam que o nome “café” foi criado na região da Cafa, na Etiópia.

De acordo com uma lenda local, um pastor de cabras percebeu que o comportamento desses animais era alterado após o consumo das folhas de certa planta, dando mais energia e disposição a eles. A partir daí, o seu consumo tornou-se conhecido e espelhou-se pelo mundo.

Confira mais a respeito dos nutrientes e dos benefícios dessa planta, só aqui no Quero Viver Bem!

Café

Nutrientes do café

O café é um bebia rica em nutrientes, como: manganês, fósforo, magnésio, vitaminas do complexo B e ácidos orgânicos, que têm ação antioxidante, com poder de proteção contra inúmeras doenças no organismo.

No entanto, o seu consumo deve ser moderado. O ideal é nunca ingerir mais que 4 xícaras de café ao dia, já que, se em excesso, torna-se diurético e faz com que nutrientes indispensáveis ao organismo humano sejam expelidos pela urina, como cálcio, vitaminas e minerais.

10 Benefícios do café

Depois de estudos feitos com a bebida, foi descoberto que ela não é tão maléfica quanto se pensava e passou a ser vista com outros olhos, por conta dos inúmeros benefícios que traz para a saúde. Veja os mais importantes:

Inibe o câncer

O consumo de uma xícara de café ao dia pode evitar vários tipos de câncer, como de próstata,  mama, faringe e oral, fígado e esofágico. Esse benefício se dá por conta de a bebida ser rica em antioxidantes e não deixar as células se degradarem.

Diminui o estresse

A cafeína presente no café é uma grande aliada ao combate do estresse, além disso também ajuda na melhora do raciocínio e da memória, contribuindo para a tomada de decisões de forma mais rápida.

Café3

Rejuvenesce

O café também contribui para a pele, mantendo o efeito rejuvenescedor por muito mais tempo, o que vem sendo explorado pelas indústrias de cosméticos no mundo todo, principalmente em pesquisas com o fruto ainda verde.

Os polifenóis e antioxidantes presentes atrasam o processo de envelhecimento das células, evitando o aparecimento das tão temidas rugas.

Contribui para a digestão

Milhares de pessoas costumam tomar um cafezinho após as refeições, e a maioria delas nem sabe que o maior efeito é o digestivo. A bebida dá estímulos ao estômago e ao intestino, melhorando a digestão dos alimentos. Além disso, o café deixa a pessoa mais alerta, sem o sono costumeiro após as refeições.

Previne a diabetes

A redução da glicose e insulina é comprovada após o consumo do café, por conta dos ácidos clorogênicos e da trigonelina alcaloide. Após estudos realizados, comprovou-se que a ingestão reduziu em 11% as chances dessas pessoas desenvolverem diabetes com a idade. Ao contrário daquelas que diminuíram o consumo do café e obtiveram 17% mais  chances de desenvolvimento da doença.

Impede a depressão

Pessoas que consomem, em média, 4 xícaras da bebida por dia têm menos chances de desenvolverem depressão.

Emagrece

A cafeína presente nos grãos estimula o sistema nervoso central, ajudando a ter mais energia na hora de praticar atividades físicas acelerando o metabolismo. É claro que sozinho o produto não faz milagres, mas, se você associar o café a uma alimentação saudável e à prática de atividades físicas, obterá excelentes resultados. Além disso, manterá a forma e terá excelente saúde física e mental.

É bom para a osteoporose

A contraponto de todos os estudos antes realizados, o café não é o vilão causador de osteoporose, portanto, pode ser consumido sem medo.

Controla doenças no organismo

Quando os grãos são torrados, eles adquirem ácidos clorogênicos e os quinídeos, sendo até mais importantes do que a própria cafeína presente na bebida, uma vez que são ótimos no controle de doenças como a depressão e suas consequências, por exemplo, suicídio e alcoolismo.

É amigo do coração

O coração agradece o consumo diário da bebida, pois, ao contrário de estudos antigos, o café não agride o órgão. Pelo contrário, ele acaba protegendo e dando mais saúde. Pessoas com problemas cardíacos podem ingerir a bebida de forma moderada.

Café2

[CONFIRA TAMBÉM: CAFÉ PREVINE DOENÇAS?]

Tabela nutricional do café

Em cada 100g da bebida, ela apresenta o seguinte valor nutricional:

  • Betacaroteno – 0 ug;
  • Carboidratos – 0;
  • Vitamina B1 – 0,014 mg;
  • Gordura saturada – 0,02 g;
  • Gordura polinsaturada – 0,001 g;
  • Gordura trans – 0 g;
  • Proteínas – 0,12 g;
  • Gordura monoinsaturada – 0,015 g;
  • Água – 99,39 g;
  • Gordura – 0,02 g;
  • Cafeína – 40 mg;
  • Cálcio – 2 mg;
  • Vitamina B2 – 0,076 mg;
  • Zinco – 0,02 mg;
  • Vitamina B3 – 0,191 mg;
  • Fósforo – 3 mg;
  • Vitamina B5 – 0,254 mg;
  • Sódio – 2 mg;
  • Vitamina B6 – 0,001 mg;
  • Magnésio – 3 mg;
  • Vitamina E – 0,01 mg;
  • Potássio – 49 mg;
  • Ferro – 0,01 mg;
  • Vitamina K – 0,0001 mg;
  • Manganês – 0,023 mg.

Como deve ser o consumo do café no dia a dia

Para obter todos os benefícios que a bebida oferece, é ideal consumir, no máximo, 4 xícaras de café ao dia, pois, em excesso, pode trazer complicações. Também, deve ser evitado antes de dormir, pois, como é um estimulante, pode tirar o sono e promover insônia.

[LEIA TAMBÉM: CAFÉ AJUDA NO EXERCÍCIO?]

Contraindicações do consumo do café

O café é uma bebida muito boa, tem seus inúmeros benefícios, mas também apresenta contraindicações, que devem ser observadas, veja quais são:

  • Pode promover insônia, se for consumido à noite;
  • Pessoas que têm sensibilidade à cafeína devem evitar a bebida, pois ela pode causar crises de pânico e ansiedade;
  • Pessoas que possuem gastrite ou refluxo gastroesofágico devem evitar a bebida.

Agora que você já sabe tudo a respeito do café, pode consumir a bebida e obter todos os seus benefícios!


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário