O que comer no café da manhã Low Carb

Muitas pessoas têm aderido ao lowcarb, uma excelente dieta para emagrecer. Veja aqui algumas sugestões do que comer no café da manhã.

Low carb é uma dieta que consiste na redução da quantidade dos carboidratos que são ingeridos. Quando consumidos, mesmo em pequenas quantidades, deve-se dar preferência aos mais naturais possíveis e que contenham pouca quantidade de carboidrato, como algumas frutas e legumes. Farinhas brancas (pães, massas, bolos, tapioca) e açúcares devem ser evitadas ao máximo.

Nessa dieta, o que se deve priorizar são os vegetais, proteínas e gorduras naturais presentes nos alimentos.

O que comer no café da manhã

O grande problema dos cafés da manhã é que nós brasileiros nos habituamos a consumir o pão de farinha branca, seja ele francês ou de forma. Portanto, fazer esta mudança para alimentos mais saudáveis pode ser um pouco complicada.

café da manhã low carb

Ovo

Por ser um alimento rápido, prático e versátil, ele tende a ser o querido por muitos. Rico em proteína, gordura e vitaminas, fornece bastante saciedade e é possível variar a forma de preparo para não enjoar: Você pode por exemplo comê-lo cozido, frito, mexido ou mesmo em uma omelete. Caso você opte pela segunda opção, frite-o usando pouca quantidade de azeite de oliva, óleo de coco, manteiga ou banha de porco  – essas gorduras são mais saudáveis e naturais que os óleos vegetais.

Para dar uma turbinada na receita você adicionar queijo e vegetais (tomate e espinafre “casam” muito bem nessa preparação, mas você pode usar o que preferir).

 

Abacate

Apesar de parecer algo estranho para os iniciantes do Low Carb, o consumo de frutas tende a ser reduzido, isso porque algumas delas contém grande quantidade de carboidratos, por isso o consumo deve ser eventual.

O abacate é rico em gorduras monoinsaturadas, fibras, substâncias que ajudam no controle do LDL ou colesterol ruim, vitamina E e carotenoides que combatem os radicais livres.

Assim como o ovo, ele pode ser consumido de várias maneiras: amassado com sal, limão, tomate e pimenta (conhecido como “guacamole”); amassado com canela, cacau em pó, adoçante; em forma de creme (basta batê-lo com um pouco de leite de coco ou água, se quiser acrescente adoçante, canela, etc); batido com outras frutas e até mesmo no famoso suco verde. Combina também com saladas de folhas.

Crepioca

Uma opção turbinada é a crepioca: ela se parece com uma panqueca, porém é feita com 1 ovo e 1 colher de tapioca. Apesar da tapioca ser uma farinha branca, a crepioca pode ser uma boa substituta ao pão, pois a quantidade da farinha de tapioca utilizada nessa receita é pequena, assim a preparação apresentará muito menos carboidratos que um pão francês, por exemplo.

Ela é simples de fazer e uma delícia em questão de sabor, além de ser muito versátil, podendo-se ter vários tipo de recheios, como por exemplo queijos, pasta de amendoim, banana amassada, carne moída ou o que sua imaginação inventar!

O que evitar

Pães e massas

A base para fabricação de pães e massas (bolos, bolachas) é a farinha de trigo. Mesmo as farinhas integrais possuem alto teor de carboidrato, nutriente que deve ser consumido em menores quantidades nessa dieta. Uma alternativa é preparar pães e massas com farinhas com menos carboidrato, como farinha de coco e de amêndoas, porém o resultado final não será o mesmo e o preço é bem mais elevado.

Frutas

Não se deve excluir o consumo de frutas, mas evite consumir ou consuma em pequenas quantidades as que possuem muitos carboidratos como é o caso da banana, uva passa, manga e outros. Opte pelas frutas vermelhas, kiwi, maracujá, coco e abacate.

desjejum lowcarb

Legumes

Este é o mesmo caso do mencionado acima, onde alguns deles contém muito carboidrato, como o milho, batatas e aipim.

Produtos Industrializados

Não é de hoje que sabemos que os produtos industrializados são um perigo, primeiramente porque eles são altamente processados, além disso são ricos em sódio e várias substâncias químicas.

Prefira os alimentos naturais, a comida de verdade. Se de vez em quando bater aquela vontade de comer “algo diferente”, que tal preparar você mesmo?

 

Não é necessário excluir completamente nenhum tipo de alimento na dieta low carb, apenas priorizar alguns e evitar outros, sempre de acordo com a conduta médica ou nutricional.


Este texto foi revisado pelo Profissional: Thais Karpowiski (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário