Os benefícios do gergelim, como consumir e cuidados

Veja aqui quais são os principais benefícios do consumo do gergelim em sua saúde, quais são os cuidados necessários e quantidade diária de consumo.

Um alimento muito consumido no Brasil, seja como acompanhamento, decorativo ou para dar um sabor diferenciado à refeição, é o gergelim, ou como é chamado, sésamo, planta herbácea advinda do oriente.

As sementes de gergelim são ricas em várias vitaminas e minerais necessários ao nosso organismo, como é o caso do manganês, cobre, cálcio, vitamina B1, vitamina E, além de outras. Quer saber mais? Leia, aqui, informações completas sobre o gergelim.

Gergelim: quais são os benefícios?

Os benefícios do gergelim, como consumir e cuidados

O gergelim já é cultivado no mundo há mais de 3.500 anos, sendo que, em sua maioria, é usado na medicina natural ou como alimento por várias civilizações. Um dos pratos mais consumidos no mundo inteiro é o Tahine, originário da culinária árabe, que é nada mais do que uma manteiga de gergelim.

Veja quais são os benefícios desse alimento para a saúde, abaixo:

1 – Estimula a digestão

Sementes conhecidas por terem grandes quantidades de fibras, elas ajudam na digestão com qualidade, diminuindo chances de prisão de ventre e problemas intestinais e mantendo a flora do cólon o mais saudável possível – tudo isso sem falar que aumenta a sensação de saciedade do organismo.

Isso acontece porque o seu tempo de digestão é maior, então, o consumidor sente-se satisfeito por mais tempo, com menos fome e come menos alimentos, consequentemente, não engorda tanto.

2 – Melhora a saúde dos ossos

As sementes de gergelim são ricas em cálcio, zinco e fósforo, itens que agem diretamente na saúde dos ossos. Isso porque uma pequena quantidade de gergelim possui maiores quantidades de cálcio do que um copo de leite comum.

Esses minerais regeneram os tecidos dos ossos e eliminam as chances de osteoporose, principalmente nas regiões do quadril e da espinha.

3 – Diminui doenças respiratórias

Pela presença de magnésio em sua composição, o gergelim pode prevenir a asma, a sinusite, a rinite e as alergias, fortalecendo o sistema respiratório.

Se você sofre constantemente com doenças respiratórias já citadas acima, consumir uma colher de gergelim diariamente pode diminuir essas incidências.

4 – Ajuda a ganhar massa magra

Rico em proteína, ele é indicado para vegetarianos/veganos, além de que ajuda no desenvolvimento da musculatura e no ganho de massa magra, principalmente para aqueles(as) que estão começando a praticar exercícios físicos agora.

As proteínas são responsáveis por aumentar a força, acelerar o desenvolvimento de células no corpo, aumentar a energia e também acelerar o metabolismo e seu gasto calórico – emagrecendo, como consequência.

5 – Combate a anemia

Sabe aquele gergelim preto? Ele possui quase as mesmas propriedades e os mesmos benefícios que o branco, não passando de uma mutação comum da coloração. A diferença é que as sementes pretas têm maior quantidade de ferro, cálcio e vitamina A, essencial para combater a anemia no organismo.

6 – Protege a pele

O gergelim protege o DNA do corpo contra os efeitos da radiação, independente da forma de recepção: quimioterapia, exposição solar ou por meio tóxico. Ou seja, assim é possível diminuir chances de câncer de pele, que, normalmente, é causado pela mutação das células do local afetado.

7 – Melhora o humor

Os benefícios do gergelim, como consumir e cuidados

Alguns dos minerais que existem no gergelim podem ajudar a diminuir a ansiedade e o estresse, por exemplo, o magnésio e o cálcio. Além disso, a tiamina e o triptofano influenciam na produção de serotonina no organismo – hormônio responsável pela felicidade.

8 – Controla a pressão

O gergelim possui magnésio em quantidades consideráveis. Esse mineral ajuda a regular a pressão arterial, diminuindo as chances de doenças cardiovasculares tomarem conta do organismo. O indicado é consumir uma porção considerável diariamente, para sentir os benefícios do alimento no controle da pressão.

9 – Aumenta a saúde bucal

O óleo de gergelim possui efeito antibacteriano, prevenindo a placa e clareando os dentes ao mesmo tempo. O indicado é deixar esse óleo na boca até que fique em uma consistência grossa e esbranquiçada. Depois, cuspa e lave-a bem, para tirar o gosto e a textura.

10 – Previne o câncer

Ainda sobre o magnésio, ele é um dos minerais mais indicados na prevenção do câncer, isso porque inibe as células com potencial cancerígeno do organismo, por causa da sesamina, diminuindo as chances de tumor colorretal em até 13% a cada 100mg de magnésio consumidos.

Ele também tem potencial antioxidante, que elimina elementos tóxicos do corpo e a quantidade exagerada de radicais livres, que também são geradores de câncer no corpo.

11 – Elimina enxaquecas

Pelo magnésio e cálcio presentes nas sementes de gergelim, elas diminuem a incidência de dores de cabeça e enxaquecas recorrentes. Isso acontece porque o magnésio evita que espasmos nos vasos sanguíneos aconteçam – principais causadores da enxaqueca.

12 – Previne doenças degenerativas

O gergelim diminui a secreção de IFN-GAMA, causador de inflamações e lesões no sistema nervoso do organismo humano, que podem se transformar, mais tarde, em esclerose múltipla, doença de Huntington, mal de Alzheimer e outras.

13 – Diminui a artrite

O gergelim também possui quantidades grandes de cobre, um mineral que combate inflamações e alivia dores localizadas nas juntas, sendo um ótimo combatente contra os casos de artrite. Isso acontece porque ele fortalece os vasos de sangue no corpo e melhora a circulação sanguínea.

14 – Potencializa a saúde da pele

Os benefícios do gergelim, como consumir e cuidados

Os antioxidantes, já citados, também diminuem o envelhecimento precoce da pele, geralmente causado pelo acúmulo de toxinas no organismo, além da proteção natural do gergelim contra os raios ultravioleta do sol, principais causadores de rugas e manchas na pele.

O gergelim tem zinco, que produz mais colágeno, proteína necessária para a elasticidade da pele e reparação dos tecidos da derme, no geral. Essas sementes também possuem vitamina B, responsável por melhorar a saúde de cabelo, olhos e pele.

15 – Diminui o colesterol

O gergelim possui fitosteróis, que são bem parecidos em estrutura com a do colesterol, diminuindo, assim, os níveis do LDL (o colesterol ruim) na corrente de sangue e bloqueando a sua produção.

As sementes de gergelim são os alimentos que mais possuem fitosteróis em toda a natureza, contando, ainda, com efeitos de fortalecimento do sistema imunológico e diminuindo as incidências de câncer no corpo.

O gergelim possui ácido oleico, que também diminui o LDL no sangue e aumenta o HDL (colesterol bom) no corpo.

Propriedades do gergelim

  • Lipídios: 50,4mg;
  • Tiamina: 0,94mg;
  • Carboidratos: 21,6mg;
  • Cálcio: 825mg;
  • Magnésio: 361mg;
  • Zinco: 5,2mg;
  • Proteínas: 21,2mg;
  • Fibras: 11,9mg;
  • Niacina: 5,9mg.

Cuidados com o gergelim

É necessário tomar cuidado com o consumo exagerado do gergelim, pois ele pode irritar o estômago e o cólon, além de que, em caso de teste de drogas, poderá ser identificado uma pequena quantidade de THC.

Por isso, consuma de 1 a 2 colheres (30g) por dia dessas sementes.


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário