Benefícios da pitaya – 10 motivos para provar agora mesmo!

Que a pitaya é deliciosa muita gente já sabe, mas você conhece os benefícios dessa fruta exótica? Confira, aqui no Quero Viver Bem, a tabela nutricional!

Pitaya significa “fruta escamosa”, o que descreve totalmente a sua característica física, já que ela é uma espécie de cactos epífitos. Originária do México e também da América do Norte, é também cultivada em países como China, Israel e Brasil.

Existem 3 variedades de pitaya: vermelha por dentro com a casca rosa; branca por dentro com casca amarela; e branca por dentro com a casca rosa.

Essa é uma fruta considerada exótica, pois é bonita e não é encontrada em todos os pontos de venda, já que seu preço é um pouco elevado.

Ela é rica em vitaminas e minerais essenciais à saúde. Confira, a seguir no Quero Viver Bem, os principais benefícios que podem ser aproveitados.

Pitaya

É boa para a saúde intestinal

A fruta possui muitas fibras em sua polpa, que estimulam a melhoria no trânsito do intestino e previnem a prisão de ventre.

Outra vantagem das fibras é que elas promovem mais saciedade, tornando a fruta uma grande aliada no processo de emagrecimento.

Combate o envelhecimento precoce da pele

As vitaminas C e E são muito usadas no mercado cosmético, justamente porque desempenham papel crucial para manter a pele mais jovem e livre do envelhecimento precoce.

É aconselhado ingerir alimentos com essas vitaminas e também usar cremes que contenham tais propriedades para potencializar ainda mais os seus efeitos e reduzir a ação dos radicais livres.

A combinação dessas duas vitaminas presentes na pitaya é ideal para combater o ressecamento e as rugas na pele.

Tem função antioxidante

A pitaya tem mais vitamina C do que a laranja, além da vitamina E e dos polifenóis que promovem regeneração das células e impedem o crescimento dos radicais livres.

Os antioxidantes são capazes de atrasar a oxidação de algum substrato oxidável. Ou seja, eles protegem as células saudáveis do organismo.

É diurética

A fruta contém uma grande quantidade de água em sua composição. Sua polpa é muito semelhante à estrutura do kiwi, portanto, é excelente para hidratar o organismo.

Lembrando que alimentos diuréticos ajudam no melhor funcionamento dos rins e no combate a infecções urinárias. Além disso, previne a retenção de líquidos no corpo.

Fortalece o sistema imunológico

A vitamina C é conhecida por fortalecer o organismo de agentes externos, e a pitaya possui 35% da necessidade diária desse nutriente em apenas 100 gramas da polpa.

Para ajudar, ainda conta com os antioxidantes que reforçam a proteção do organismo.

Pitaya

É uma opção para os diabéticos

Rica em fibras, além de não possuir alto índice glicêmico, a pitaya é uma excelente fonte de vitaminas para pessoas diabéticas, pois reduz os picos exagerados de glicose no sangue.

Tem propriedades antibacterianas, antifúngicas e anti-inflamatórias

A composição de nutrientes existentes na fruta, como antioxidantes, licopeno, caroteno, vitaminas do complexo B, C e E, pode aumentar a contagem de células brancas no sangue. Elas são responsáveis pela inibição de toxinas no organismo e pelo combate às bactérias e aos fungos em todo o corpo.

Além disso, o consumo da fruta reduz dores inflamatórias causadas pela artrite reumatoide e outras doenças que afetam as articulações.

Promove a saúde do coração

Essa fruta exótica é capaz de reduzir os níveis de colesterol ruim e aumentar o colesterol bom. Tal mecanismo ajuda a impedir o desenvolvimento de placas nas artérias, que podem levar a ataques cardíacos.

Além disso, a pitaya ajuda no controle da pressão alta, devido aos seus poderes diuréticos.

Melhora as funções do cérebro

Rica em gorduras boas, como ômega 3 e 6, a fruta inibe a perda de memória e o aparecimento de outras doenças relacionadas ao envelhecimento.

Além disso, esses nutrientes atuam no sistema nervoso, contribuindo para o bom funcionamento da cognição.

Auxilia no aumento da massa magra

A pitaya é rica em proteína, além de ser uma das fontes vegetais mais usadas nos processos de emagrecimento e ganho de massa magra.

Por isso, geralmente, essa fruta não sai do cardápio de pessoas que se preocupam com a boa forma.

Pitaya

Como consumir a Pitaya?

A fruta é bastante versátil. O seu modo de consumo é muito parecido ao do kiwi, pois só se come a polpa. Ela não é muito doce, mas é bastante saborosa, podendo ser empregada em diversas receitas, como:

  • Sucos;
  • Sobremesas (mouse, tortas e outros);
  • Recheios de bolos;
  • Geleias;
  • Sorvetes.

Inclusive, existem empresas que fabricam uma espécie de vinho de pitaya.

Ela pode ser misturada a morangos e à lichia para uma salada de frutas bem exótica e com baixo índice glicêmico.


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário