O que é a ansiedade social? Como acontece e muito mais.

Veja aqui como acontece a ansiedade social, como ela é causada, quais são os tratamentos mais indicados, cuidados necessários e muito mais.

Sabe aquele desconforto e medo que surge só de pensar em ir a um evento e encontrar pessoas conhecidas ou não? Essas sensações podem indicar algo mais grave, um transtorno chamado Ansiedade Social.

Ainda não conhece essa doença? Preparamos um guia completo sobre ela, para ajudar a entendê-la, reconhecê-la e buscar ajuda para tratá-la. Confira, a seguir, todos esses detalhes!

O que é Ansiedade Social

O que é a ansiedade social? Como acontece e muito mais.

Trata-se de um distúrbio mental em que a pessoa sente desconforto e um medo irracional e contínuo apenas em pensar em encontrar pessoas ou em entrar em contato com elas. Ela é diferente da ansiedade, mais propriamente como um tipo de ansiedade.

Curiosamente, esse distúrbio também é chamado de Fobia Social e atinge, aproximadamente, 7% da população mundial, de acordo com uma pesquisa do Instituto Nacional de Saúde Mental Americano, podendo evoluir para quadros mais complexos, como a depressão.

Causas da Ansiedade Social

A principal causa da Ansiedade Social é o histórico pessoal do paciente. Quem apresenta esse distúrbio, geralmente, já teve experiências negativas em contatos com terceiros ou em apresentações, recebendo um feedback ruim.

Além disso, pessoas que sofreram bullying na infância ou adolescência também são suscetíveis a desenvolver o transtorno, apresentando um medo exagerado de qualquer interação social.

A cobrança excessiva de si próprio e de terceiros para que a pessoa seja perfeita e não erre, especialmente no convívio social, também funciona como um gatilho para a Ansiedade Social.

Consequências da Ansiedade Social

Para o ansioso social, qualquer interação leva ao julgamento por terceiros, e a simples ideia de ser avaliado por outros lhe causa medo – mesmo que ele esteja usando um dress code adequado à ocasião ou domine o assunto discutido pelo grupo.

Esse medo de ser julgado faz com que a pessoa com Ansiedade Social evite interações ou situações em que tenha de interagir com terceiros, fazendo com que ela torne-se cada vez mais retraída e isolada.

Tal comportamento traz impactos negativos em diversos setores, como no familiar, pessoal e profissional, com dificuldade de relacionamento, para formar laços e vínculos duradouros com outras pessoas.

Como resultado, o ansioso social pode se isolar e desenvolver outros distúrbios psicológicos graves, como síndrome do pânico e depressão, necessitando de tratamentos médicos mais complexos, para chegar na cura.

Sintomas da Ansiedade Social

A Ansiedade Social gera sintomas fáceis de serem identificados visualmente pelo próprio paciente ou pessoas ao seu redor. Quando precisa interagir com alguém, quem tem esse tipo de transtorno, geralmente, enfrenta:

  1. Tremor;
  2. Sudorese;
  3. Taquicardia;
  4. Dor de barriga;
  5. Náusea;
  6. Falta de ar;
  7. Boca seca;
  8. Tontura;
  9. Sensação de desmaio;
  10. Visão embaçada;
  11. Dificuldade para falar (gagueira e voz trêmula).

Existem, ainda, sintomas comportamentais e psicológicos frequentes entre os ansiosos sociais. Entre os principais, destaque para os seguintes:

  1. Sofrimento mental ao pensar em interagir com outras pessoas ou enquanto está entre elas;
  2. Fuga de qualquer situação que exige contato com terceiros ou em que o ansioso social seja o centro das atenções;
  3. Obsessão pela perfeição;
  4. Constante sensação de inadequação social;
  5. Hipersensibilidade a críticas;
  6. Vergonha;
  7. Medo de falar no telefone;
  8. Receio de comer na frente dos outros;
  9. Medo de expor sua opinião para outras pessoas;
  10. Sentimento de culpa;
  11. Isolamento social.

A importância do tratamento médico

O que é a ansiedade social? Como acontece e muito mais.

Negligenciar a Ansiedade Social é um grave problema, uma vez que tal distúrbio pode se agravar, com o passar do tempo, gerando outros mais complexos, tais como a depressão.

Por isso, ao identificar os sintomas em si ou em alguém próximo, procure ajuda de um profissional especializado, que será capaz de diagnosticar o problema e indicar o tratamento mais recomendado ao caso.

Especialidade médica indicada para tratar Ansiedade Social

  1. Psicólogos: tratam distúrbios mentais utilizando a psicoterapia como a principal ferramenta;
  2. Psiquiatras: tratam distúrbios mentais usando a psicoterapia e medicamentos como ferramentas.

Se precisar de atendimento urgente e não encontrar facilmente um psicólogo ou psiquiatra, consulte um clínico geral, que será capaz de tratar eventuais sintomas físicos da Ansiedade Social e encaminhará o paciente a um especialista.

Tratamento para Ansiedade Social

Para casos mais leves ou iniciais de Ansiedade Social, é comum a indicação de psicoterapia como tratamento, para trabalhar comportamentos e respostas emocionais do paciente.

Se o quadro for mais grave, o médico pode unir dois tipos de tratamento, a psicoterapia e o medicamentoso, receitando ansiolíticos ou antidepressivos, que são eficazes no controle dos sintomas da Fobia Social.


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário