Anorexia e bulimia: qual a diferença?

Os transtornos alimentares são conhecidos por serem doenças graves e que prejudicam e muito o organismo de quem sofre com eles. Veja aqui qual a diferença entre bulimia e anorexia, quais os sintomas de cada uma, cuidados, tratamento e muito mais.

Os transtornos alimentares são, dentre todos os transtornos mentais, responsáveis pelos maiores índices de mortalidade. Esse dado levantou muitos debates sobre esses distúrbios e, especialmente, as diferenças entre anorexia e bulimia. Esses distúrbios alimentares ocasionam a morte de cerca de 10% dos pacientes diagnosticados com tais enfermidades e atingem, na maioria das vezes, mulheres e jovens.

Apesar de serem distúrbios diferentes, há algumas semelhanças entre anorexia e bulimia, como as causas de ambos os transtornos alimentares: ambiental, psicológica e biológica. A causa ambiental é a cultura atual que enfatiza e padroniza a magreza como o belo, o corpo ideal – o que acaba levando pessoas a fazerem qualquer coisa para estarem no padrão.

Há, também, a causa psicológica, em que algumas características emocionais podem acabar contribuindo para o surgimento da bulimia ou anorexia. Por fim, há, ainda, a causa biológica para o surgimento de ambos os distúrbios, que são alterações genéticas, que propiciam que certos indivíduos desenvolvam a bulimia ou a anorexia.

Diferenças entre anorexia e bulimia

Anorexia e bulimia: qual a diferença?

Como dito, há algumas semelhanças entre os referidos distúrbios alimentares, como as causas de surgimento e, até mesmo, alguns sintomas e tratamentos. Entretanto, alguns detalhes evidenciam as diferenças entre anorexia e bulimia.

A diferença chave entre anorexia e bulimia é que a bulimia se caracteriza pela compulsão alimentar, pela ânsia de comer repetidamente e de forma exagerada, mas, logo em seguida, ocorre a expulsão de maneira forçada pelo corpo.

a anorexia é a disfunção alimentar caracterizada por redução da alimentação e também por hábitos alimentares considerados inadequados. As pessoas com anorexia, geralmente, não comem muito, apenas ingerem quantidades suficientes para se manterem vivas.

Gravidade das doenças

A bulimia é considerada menos letal que a anorexia, pois, nessa última, o risco de morte se torna muito grande, por conta da desnutrição, tendo em vista que o corpo recebe pouco ou nenhum nutriente, pois a pessoa tende a comer pouco.

Ressalta-se que a bulimia é a forma mais frequente de distúrbio alimentar. Outras diferenças entre anorexia e bulimia estão nos sintomas. Na bulimia os sintomas principais são físicos, emocionais e comportamentais:

  • Refluxo gástrico;
  • Síndrome de Boerhaave, que é uma ruptura na parede esofágica, causada por vômitos frequentes;
  • Gastroparesia;
  • Traumas no revestimento da boca ou garganta (em decorrência da inserção do dedo ou outros objetos para forçar o vômito);
  • Prisão de ventre;
  • Lágrimas de Mallory-Weiss;
  • Comer descontroladamente em uma refeição ou lanche;
  • Ir para o banheiro logo após comer grandes refeições.

Já os sintomas da anorexia são:

  • Ritmos cardíacos irregulares;
  • Perda de peso extrema;
  • Tontura e desmaios;
  • Osteoporose;
  • Descoloração azulada nos dedos;
  • Desidratação;
  • Ausência de menstruação;
  • Fadiga e insônia;
  • Recusa para comer e negação de fome;
  • Humor deprimido e/ou falta de emoções;
  • Dietas rígidas e estranhos rituais alimentares, como cortar alimentos em pequenos pedaços e cuspir a comida logo após mastigar.

A perda de peso é maior na anorexia, pois praticamente não há a ingestão de alimentos, diferentemente das pessoas bulímicas que, ao alimentarem-se, o organismo consegue absorver de 30% a 50% de nutrientes.

Tratamento para anorexia e bulimia: existe diferença?

Anorexia e bulimia: qual a diferença?

Como a anorexia é um distúrbio mais grave, pode acabar necessitando de internação e tratamento hospitalar, tendo em vista que a falta de alimentação correta causa problemas de desidratação, distúrbios de ritmo cardíaco e outros que podem provocar a morte.

Em geral, o tratamento tanto para anorexia quanto para bulimia envolve psicoterapia, terapia individual e familiar e outras formas de terapia.

Antidepressivos também podem ser receitados, que no caso da bulimia contribui para reduzir os sintomas e para a anorexia ajudam a tratar outros problemas mentais que podem surgir, como depressão ou ansiedade.

Em regra, é preciso uma equipe de nutricionista, psicólogo e psiquiatra para tratar o paciente. Compreendidas as diferenças entre anorexia e bulimia, é preciso conscientizar que ambos são distúrbios sérios, que merecem atenção e muito suporte às pessoas que sofrem de tais transtornos alimentares


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário