Amêndoas – Benefícios, Tabela nutricional, Dicas de consumo e Contraindicação

A amendoeira, da família Rosacea, produz a amêndoa. Apesar de muitas pessoas classificarem as amêndoas como castanhas, elas são, na verdade, sementes.

Sua distribuição geográfica atual corresponde aos países de clima temperado, como Portugal, Afeganistão e Austrália. Mas, também é possível encontrar esse alimento na Califórnia (EUA).

A amendoeira foi trazida da Espanha para a Califórnia, em meados de 1700, mas não se deu muito bem na região. Apenas em 1800, quando plantadas no continente, essas árvores se desenvolveram satisfatoriamente. Não se sabe exatamente qual é a origem dessas sementes, mas acredita-se que vieram da China e da Ásia Central. Elas são citadas até mesmo na Bíblia, como um ingrediente extra nos pães servidos aos faraós Egípcios.

Amêndoas

Principais benefícios das amêndoas

Apesar de ser bastante calórica por ser rica em gorduras insaturadas (como você pode checar na tabela nutricional, mais à frente), estudos atuais têm mostrado que o consumo dessas sementes traz inúmeros benefícios para a saúde humana. Confira, a seguir, algumas das principais boas ação das amêndoas:

Saciam a fome

Seu consumo adequado não proporciona aumento de peso e dá a sensação de saciedade, por ser rica em fibras e lipídios, fazendo com que a fome demore mais para chegar.

São fonte de proteínas

Aproximadamente 28 gramas dessa semente por dia provêm 12% da quantidade diária necessária.

Contêm muitas fibras

As amêndoas também são rica em fibras, que auxiliam no funcionamento do sistema digestivo, pois alteram a composição da flora microbiana, deixando-a mais saudável.

Possuem fonte de vitaminas do complexo B

Contêm vitaminas do complexo B, especialmente o folato e a biotina (vitamina B7). Essas são necessárias para a síntese de DNA e proteínas.

Fazem bem ao coração

Amêndoas são ricas em gordura monoinsaturada, ou seja, aquela que auxilia a produção do colesterol bom (HDL), que protege o coração de doenças cardiovasculares.

Protegem os ossos

São ricas em outros nutrientes, como selênio, zinco, fósforo, cálcio e magnésio, responsáveis por prevenir a osteoporose.

Castanhas

Regulam a pressão arterial

A amêndoa apresenta uma substância conhecida como arginina, que promove o relaxamento dos vasos sanguíneos e atua no controle da pressão arterial. Além disso, as presenças de gorduras insaturadas não formam placas de gordura que bloqueiam o fluxo sanguíneo.

Previnem o câncer

Amêndoas são ricas em vitamine E, um antioxidante que previne o envelhecimento e o câncer.

São fonte da juventude

Um estudo dinamarquês mostrou que o consume de castanhas em geral estava associado a uma diminuição em 23% do risco de morte prematura, causada por doenças neurológicas, cardiovasculares ou por diabetes.

Tabela nutricional

Como mencionamos acima, essas sementes possuem um alto valor nutricional, especialmente em proteínas, lipídios, cálcio e vitamina E. Confira sua tabela nutricional baseada em 100g de amêndoa torrada:

Dicas de consumo

Até o momento, não há um consenso sobre a quantidade ideal de consumo diário. Mas, recomenda-se valores entre 15 e 50 g. O ideal é consultar um nutricionista, já que as quantidades são individuais e variam de pessoa para pessoa.

Recomenda-se, também, a versão natural dessas sementes, pois a adição de sal ou açúcar elevará os teores de sódio. É possível comê-las em um mix com outras sementes durante os lanches entre as refeições, ou com iogurtes, granolas, frutas e saladas. Além disso, é possível consumi-las como farinha, em receitas de pães, bolos e bolachas.

Contraindicações

Qualquer pessoa pode consumir amêndoas, com exceção daquelas que são alérgicas a castanhas.

Castanhas3

Mais informações

Algumas pessoas podem acreditar que o consumo de amêndoas leva ao ganho de peso, mas estudos publicados no British Journal of Nutrition descobriram que a ingestão diária de, aproximadamente, 50 g ajuda a saciar a fome e diminuir o risco de contração de doenças cardíacas, por meio da redução do colesterol LDL, ou colesterol ruim. Isso ocorre porque a presença de fibras retarda a absorção da gordura insaturada.

Além disso, estudos conduzidos na China e nos Estados Unidos demostraram que o consumo de amêndoas impede picos de glicose no sangue. Elas diminuem o nível de insulina e glicose em jejum, sendo também benéficas para pessoas com diabetes.

Amêndoas são, ainda, ricas em vitaminas do complexo B e E, que são essenciais para o funcionamento do cérebro.

Gostou? Confira, também, o conteúdo completo sobre Castanhas – Benefícios, Tabela nutricional, Consumo e Contraindicação.


Este texto foi revisado pelo Profissional: Thais Karpowiski (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe um Comentário