Amêndoa – Benefícios, Tabela nutricional, Consumo e Indicação

Você sabe o que é a amêndoa e quais os seus benefícios? Confira, aqui no Quero Viver Bem, informações competas sobre o assunto!

A amêndoa é uma semente, sendo classificada como um fruto seco e originado da amendoeira, uma árvore de grande porte, da família Rosacea. Quando o fruto dessa árvore amadurece, ele se abre e dentro há o caroço, onde está localizada a semente que é a parte comestível.

Seu alto valor no mercado está associado à dificuldade de sua extração, que é feita manualmente, e também em função do aumento pela busca por alimentos mais saudáveis e funcionais, atualmente. Os principais produtores da amêndoa são Estados Unidos e países europeus, como Espanha e Portugal, bem como Irã e Turquia. No entanto, acredita-se que ela seja originária da China e da Ásia Central.

Amêndoa

Principais benefícios

Por conter elevadas taxas de lipídios, a amêndoa é bastante calórica, mas apresenta alto valor nutricional, sendo bastante benéfica para a saúde. Confira, a seguir, alguns dos principais benefícios dela:

Dá saciedade

Por ser consideravelmente calórica, porções de cerca de 20 gramas são suficientes para serem consumidas durante os lanches entre as refeições principais, dando a sensação de saciedade.

É indicada para pessoas com restrição alimentar

Vegetarianos e veganos podem se beneficiar do consumo destas sementes, pois elas apresentam quantidades consideráveis de proteínas e vitaminas do complexo B, como o folato e a biotina (B7), essenciais para a síntese de DNA.

Faz bem para o coração

Essa semente contém altas taxas de gordura monoinsaturada, que auxilia na produção de colesterol HDL (bom), responsável por proteger o coração de doenças cardiovasculares.

Previne a osteoporose

Por conter nutrientes como selênio, zinco, fósforo, cálciomagnésio são benéficas na prevenção da osteoporose, uma vez que esses minerais atuam na estruturação dos ossos.

Regula a pressão arterial

A arginina é uma substância que atua no relaxamento de vasos sanguíneos e no controle da pressão, sendo a amêndoa uma das fontes dessa substância. Ela é altamente indicada para pessoas com problemas de pressão alta.

Previne cãibras

Sua elevada taxa de magnésio ajuda a evitar este incomodo, geralmente associado à pratica de exercícios físicos.

Tabela nutricional

Amêndoa2

A amêndoa é fonte, principalmente, de lipídios, proteínas e fósforo. Confira a tabela nutricional para 100g de amêndoa torrada e salgada:

  • Calorias: 581 kcal;
  • Proteínas: 18,6g;
  • Lipídios: 47,3g;
  • Carboidratos: 29,5g;
  • Fibras: 11,6g;
  • Cálcio: 237mg;
  • Magnésio: 222 mg;
  • Manganês: 1,95 mg;
  • Fósforo: 493 mg;
  • Ferro: 3,1 mg;
  • Sódio: 279 mg;
  • Potássio: 640 mg;
  • Zinco: 2,6 mg.

Dicas para o consumo

A amêndoa pode ser consumida como aperitivo ou lanche, além de substituir a farinha de trigo em receitas. Ela pode, também, ser misturada a outras castanhas e adicionada a iogurtes, granolas e saladas. No entanto, deve-se estar atento à quantidade ingerida diariamente, em função de seu alto valor energético.

Apesar de não haver um consenso na literatura, os valores diários recomendados variam entre 20 e 50 gramas, aproximadamente uma mão cheia. Além disso, é importante lembrar que se recomenda sempre seu consumo in natura, sem adição de sal ou açúcar.

Amêndoas

Contraindicações

Até o momento, a única contraindicação do consumo de amêndoa são para pessoas alérgicas a castanhas.

Mais informações

Na natureza, há dois tipos de amêndoas, as doces e as amargas. As amêndoas doces são as comestíveis, enquanto as amargas contêm uma substância venenosa.

Na indústria, tal semente tem sido altamente empregada para produzir licores, bem com produtos cosméticos, por exemplo, óleos, cremes, xampus e sabonetes. No ramo alimentício, em função dos inúmeros benefícios listados acima, somados à alta busca por uma alimentação saudável e funcional, a amêndoa está sendo usada para adicionar valor nutricional às refeições.

Para pessoas alérgicas à proteína do leite ou que não consomem produtos de origem animal, a amêndoa é uma ótima substituta. Seu leite é mais cremoso e adocicado, mas pode ser usado normalmente em receitas, bem como consumindo in natura. No entanto, seu valor nutricional é diferente, pois contém mais gordura e menos proteína que o leite de origem animal. Em contrapartida, conta com nutrientes como vitamina E e B2, que são benéficas para o bom funcionamento do cérebro.


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário