Alongamento para Virilha – Dicas Importantes e Como Fazer

Os alongamentos proporcionam muitos benefícios à saúde. Deixam o corpo mais flexível e diminuem os riscos de lesões durante um treino – e são recomendados no pré e no pós-treino. A prática do alongamento também irá trazer estabilidade para as pernas e ajudar a manter o equilíbrio corporal, além de prevenir desgastes musculares e articulares, dores na coluna e proporcionar uma melhor postura.

Os músculos abdutores, localizados na parte interna da coxa, são exigidos em varias atividades, e na maioria das vezes esquecemos de prepará-los adequadamente. Por isso ouvimos tanto falar em “distensão de virilha”.

Quais alongamentos devemos fazer então?

ALONGAMENTO PARA VIRILHA: QUAIS FAZER?

O exemplo dado acima, da distensão da virilha, pode ocorrer com maior frequência durante corridas, saltos, viradas bruscas, abertura excessiva das pernas ou em arrancadas.

Independente de já ter passado por isso ou não, é essencial que você faça exercícios de alongamento para essa região, pois terá benefícios como:

  • Melhoria da circulação
  • Redução da tensão muscular,
  • Relaxamento,
  • Aumento do fluxo sanguíneo,
  • Melhor equilíbrio corporal.

Mas vamos lá, abaixo listaremos os melhores alongamentos para virilha (sem ordem de eficiência):

Alongamento de adutor:

Sente-se no chão com as pernas bem afastadas e a ponta dos pés para cima. Incline o tronco para frente e estenda os braços para sentir a tensão aplicada nos músculos dos dois lados da virilha.

Alongamento borboleta:

Sente-se no chão com a coluna reta, os joelhos flexionados e pés virados para dentro (as solas dos pés devem se tocar) – os joelhos parecem “asas”. Mantenha as mãos nos tornozelos, os glúteos pressionados contra o chão e lentamente crie resistência com as mãos ao segurar os tornozelos e pressioná-los.

Alongamento dinâmico:

Em pé e com os braços à frente, mantenha uma perna estendida e apoiada no chão, a outra, deixe erguida e um pouco flexionada, com o pé virado para cima.

Lentamente, gire a perna (sem forçar), desenhando círculos no ar. Faça o mesmo com a outra perna.

Alongamento do tipo flexão:

Em posição de flexão, garantindo que o tronco fique firme e com os glúteos contraídos, levante um pé do chão o mais próximo possível da mão oposta. Retorne à posição inicial e repita com o outro lado. Lembre-se de sempre permanecer com o corpo em linha reta.

Alongamento em pé:

Em pé e com as pernas bem afastadas, flexione a perna direita e mantenha a esquerda estendida. Incline um pouco o tronco na direção da perna que está flexionada, transferindo o peso todo para ela. Mantenha estático nessa posição por alguns segundos e sentirá alongar a parte interna da coxa que está estendida. Repita o movimento do outro lado.

DICAS IMPORTANTES SOBRE O ALONGAMENTO DE VIRILHA

Você deve ter percebido que os atletas malham muito para obter músculos fortes e isso incluem aqueles presentes na virilha. Contudo, muitos deles preferem a força do que a flexibilidade, aumentando a probabilidade de adquirir uma lesão.

Isso pode ser evitado através do alongamento – algo simples, fácil e rápido que preparará a virilha para qualquer exercício físico. O alongamento após o exercício fará com que o músculo esfrie e prevenirá que ele fique tenso em demasia.

O alongamento fornece maior saúde ao músculo. Por isso, saiba aqui algumas dicas para melhorar ainda mais o momento do seu alongamento para virilha:

  • Ao alongar, respire profundamente, segure-a durante o movimento e depois a solte,
  • Não force o alongamento até que você sinta alguma dor, mas procure alongar-se o máximo possível,
  • Sempre procure forçar um pouco mais a cada nova respiração, mas seguindo a ideia da dica anterior,
  • Não endureça a musculatura para não estirar o músculo.

A ajuda e supervisão de um profissional de educação física são relevantes para que os alongamentos para virilha sejam feitos com segurança.

Caso você esteja sofrendo com algum problema ou lesão na virilha, não realize os alongamentos antes de consultar um médico para que ele indique qual é o tipo de exercício mais apropriado.

Algumas pessoas não podem fazer os alongamentos para virilha:

  • Pessoas que sofreram fraturas,
  • Pessoas que sofreram entorses, ou
  • Pessoas que sofreram desgaste recente nos ossos.

Somente após a liberação do médico – após o tratamento do problema ocorrente – é que será possível fazer os alongamentos para virilha.


Este texto foi revisado pelo Profissional: Eduardo Lembi (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

1 Estrela2  Estrelas3  Estrelas4  Estrelas5  Estrelas (Ainda sem avaliações)
Loading...

Quem Leu Este Artigo também costuma ler:

Deixe um Comentário