Alimentos que soltam o intestino ou prendem – Dicas para regular

Confira aqui a lista completa de alimentos que soltam ou prendem o intestino e as melhores dicas para te ajudar a regulá-lo de uma vez por todas.

Não é incomum encontrar pessoas que sofrem com problemas de intestino preso, na verdade isso é algo muito comum e que não deveria ser uma vergonha para os brasileiros – já que 30% da população sofre de constipação. O acumulo de fezes no intestino acaba causando um grande incomodo, além das terríveis dores.

O número de pessoas com problema de intestino preso tem se tornado cada vez mais comum, uma vez que a população tem consumido uma quantidade cada vez maior de produtos industrializados. Além disso, a constipação acaba acometendo, em sua maioria, as mulheres.

Alimentos que soltam o intestino

Existe uma gama de alimentos que podem resolver o problema de constipação, já que uma das causas do intestino preso é a má alimentação. Já falamos sobre intestino preso!

É importante sempre consumir alimentos ricos em fibras, já que são elas aumentam o bolo fecal, o que incentiva o intestino a funcionar, impedindo que a prisão de ventre aconteça.

Procure consumir os seguintes alimentos:

Estes alimentos são usados uma vez que o nosso organismo não consegue digeri-los por completo, dessa forma, uma parte deles acaba passando reto por nosso sistema digestivo.

Essa parte da comida que passa direto é a que acaba ajudando a constituir a estrutura do bolo fecal, auxiliando no percurso dele para fora do nosso corpo. Mas, para que isso aconteça, é preciso também beber bastante água!

alimentos que soltam o intestino

Alimentos que prendem o intestino

Existem alimentos que acabam prendendo o intestino, e nem sempre são considerados ruins. Na verdade, esses alimentos podem ser muito bons para tratar uma diarreia.

  • Maçã;
  • Banana maçã;
  • Arroz;
  • Mandioca;
  • Batata;
  • Alimentos com farinha branca;
  • Pera;
  • Caju;
  • Goiaba;
  • Limão.

Esses alimentos, diferentemente dos que procuram soltar o intestino, acabam prendendo, isso porque eles são praticamente totalmente absorvidos pelo corpo e não sobra muito para fazer o trajeto restante do intestino. Saiba mais sobre os alimentos que fazem mal para o intestino, aqui.

Isso faz com que os aglomerados não se juntem para formar o bolo fecal, por esse motivo acaba passando com muita dificuldade, o que pode machucar as pessoas no momento da evacuação das fezes.

Contudo, não se deve excluir completamente esses alimentos de sua alimentação, uma vez que eles trazem outros benefícios a saúde. Evite-os, principalmente quando estiver com o intestino bastante preso a ponto de causar dores e cólicas. Outra sugestão é, ao consumir algum dos alimentos listados, adicionar alguma fibra à ele, como aveia, linhaça ou chia, não esquecendo de tomar água (ao longo do dia e também antes das refeições).

 

alimentos que prendem o intestino

Dicas para ter um intestino funcionando perfeitamente

Se você busca uma maneira de deixar o seu intestino funcionando de uma forma bacana e correta, buscando evitar a constipação e todos os problemas que ela pode causar no seu dia a dia, confira, a seguir, algumas dicas para que o seu intestino possa funcionar perfeitamente:

1 – Horários regulares no banheiro

Um dos primeiros passos a se tomar é utilizar o banheiro em horário regulares, já pré-estipulados. Dessa forma, você será capaz de, pouco a pouco, educar e ensinar o seu intestino o momento em que ele deve evacuar o bolo fecal.

O importante é você não deixe de usar o banheiro, mesmo que não esteja no horário que tinha estipulado.

2 – Água

Muitas vezes, o problema de quem tem constipação está no consumo inadequado de água. A água é fundamental, já que ela dissolve as fibras consumidas, transformando o bolo fecal em um gel que será muito mais fácil de ser evacuado.

O ideal é beber cerca de 1,5 litro de água por dia, já que ela ajuda na eliminação das fezes. Já falamos sobre os benefícios de tomar água regularmente, aqui.

3 – Evite alimentos que prendem o intestino

Se você está buscando regularizar o seu intestino e fazer com que ele funcione certinho, evite comer alimentos que prendem o intestino. Além dos já listados anteriormente, o excesso de produtos industrializados também pode prender o intestino, já que são pobres em fibras e nutrientes.

4 – Alimentos ricos em fibras

O próximo passo é aumentar a quantidade de alimentos com fibras que você ingere. Para um adulto, o ideal é consumir cerca de 20g a 30g de fibras alimentares, para estimular o intestino.

5 – Atividades físicas

Quando você faz atividades físicas, acaba estimulando o intestino, pois ele também é um músculo, promovendo a movimentação dele pouco a pouco. Além disso, é possível melhorar (e muito) a sua qualidade de vida.

Remédios e tratamentos para intestino preso

Existem muitos medicamentos que são amplamente usados com o intuito de melhorar a constipação e só devem ser utilizados em último caso e após recomendação médica.

Há também opções naturais como é o caso da geleia de tamarindo e o chá de sene.

Uma opção caseira é o “coquetel laxativo”, receita da dra. Nelzir Trindade Reis:

  • 5 ameixas sem caroço
  • 1 copo de água
  • 1 fatia média de mamão
  • 1 laranja com bagaço
  • 1 colher (sopa) de creme de leite

Modo de preparo: Deixar as ameixas de molho na água de um dia para o outro. No liquidificador, adicionar as ameixas, a água, o mamão, a laranja, o creme de leite e bater bem. Se quiser, finalizar com farinha de linhaça ou aveia. Consumir preferencialmente pela manhã, em jejum.

 

Ter uma rotina saudável melhora o funcionamento do corpo todo. Se você sofre com o intestino preso, mudar alguns hábitos pode ser a solução. Investir em alimentos integrais, ricos em fibras, praticar algum esporte e tomar mais água são pequenas mudanças que podem melhorar e muito a sua saúde!

 


Este texto foi revisado pelo Profissional: Thais Karpowiski (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário