Alimentação adequada para quem tem anemia – Lista dos 8 alimentos mais indicados

Você sabia que quem possui anemia deve ter uma alimentação balanceada e adequada? Confira, aqui, uma lista completa com os principais alimentos para consumo

A anemia é uma doença que se caracteriza pela baixa quantidade de glóbulos vermelhos no sangue. Isto ocorre, quase sempre, devido à falta de um mineral específico no organismo, o ferro.

Como resultado, há uma redução do fluxo do oxigênio por todo o organismo, prejudicando o funcionamento dos órgãos. Pessoas com anemia sentem fadiga, falta de ar, tontura, vertigem, arritmia e têm pele pálida.

De modo geral, uma das formas de tratar a anemia é passando a se alimentar melhor e aumentando o consumo de itens que sejam ricos em ferro. A seguir, apontamos algumas dicas de alimentos com essa característica. Conheça quais são eles e insira-os em suas refeições já!

[CONFIRA TAMBÉM: O QUE É A ANEMIA?]

Dicas de alimentos para tratar anemia

anemia

1. Carne vermelha

A carne vermelha possui teor elevado de ferro, sobretudo, em cortes específicos, como o fígado, além de ser uma importante fonte de vitamina B12, que também combate a anemia.

Uma porção de fígado bovino, por exemplo, tem mais de 600% das necessidades de ferro diárias. Mas, para consumi-lo corretamente, o ideal é prestar atenção ao preparo. Recomenda-se comer a carne cozida, ensopada ou grelhada, apenas.

2. Espinafre

Verduras verdes escuras costumam ter uma alta concentração de ferro, mas o espinafre é um caso à parte: uma xícara de chá dessa verdura cozida tem 3,2mg do nutriente, o que corresponde a, aproximadamente, 20% da necessidade diária.

O espinafre ainda contém vitaminas A, B9, C e E, além de fibras e cálcio – nutrientes essenciais ao organismo. Procure inserir esse alimento em saladas ou refogados, tortas ou lanches naturais, por exemplo.

3. Beterraba

A beterraba é rica em ferro e tem como diferencial atuar na reparação e reativação dos glóbulos vermelhos do sangue, o que faz com que o fluxo interno de oxigênio melhore e a anemia seja eficazmente tratada.

Esse é um alimento versátil, que pode ser consumido cru, em saladas, bem como em refogados, como acompanhamento de pratos principais. Se preferir, ainda dá para fazer sucos com beterraba, batendo-a com laranja e cenoura, no liquidificador.

4. Tomate

O tomate entra nessa lista como um alimento rico em nutrientes que facilitam a absorção do ferro pelo organismo, como vitamina C, E e licopeno. Por isso, atua como coadjuvante no tratamento da anemia.

Recomenda-se o consumo de dois tomates por dia, preferencialmente crus, em saladas ou lanches naturais, por exemplo. Se preferir, também existe a possibilidade de acrescentá-lo em refogados e omeletes.

5. Manteiga de amendoim

A manteiga de amendoim tem uma quantidade alta de ferro: 0,6mg do mineral, em duas colheres de sopa. É possível consumi-la com pão integral, torrada ou complemento da salada de frutas.

Se não gostar da manteiga, é interessante substitui-la pelo próprio amendoim sem ser processado, porque boa parte do ferro vem desse alimento. Nesse caso, coma duas colheres de sopa do amendoim, como um pequeno lanche entre refeições.

6. Ovo

ovo no café da manhã

O ovo, principalmente a gema, é um alimento rico em nutrientes, especialmente em ferro, apresentando 1 mg por unidade. O grande diferencial é que esse é um item fácil de ser inserido na dieta, seja no café da manhã (ovo mexido, por exemplo), almoço ou jantar (omelete ou cozido).

Esse alimento pode ser uma alternativa eficaz para quem é vegetariano e procura fontes alternativas de ferro, evitando o consumo de carne vermelha para obter o nutriente.

7. Feijão

Mais uma opção para vegetarianos, o feijão tem 1,5 mg de ferro a cada 100 gramas, 10% da recomendação diária.

Contudo, ele apresenta uma substância chamada fitato em sua casca, a qual atrapalha a absorção do ferro. Para diminuir o teor de fitato, é preciso deixar o feijão de molho por 10 horas e trocar a água a cada 2 horas. Após esse tempo, descarte toda a água e cozinhe o feijão normalmente.

8. Peixes e frutos do mar

Alguns tipos de peixe (atum e salmão), além de frutos do mar (ostras e mexilhões), têm ferro em grandes concentrações, contribuindo eficazmente no tratamento da anemia.

Esses alimentos também se diferenciam por serem fontes de ômega 3, cálcio, vitamina D e B12, atuando na regeneração de células, formação de tecidos e prevenção de doenças do coração.

Para obter todos os benefícios dos peixes e frutos do mar, recomenda-se o consumo desses alimentos três vezes por semana, no mínimo, preferencialmente na forma cozida, ensopada ou grelhada.

 

Como já dito, a vitamina C ajuda o ferro a ser absorvido, por isso é importante combinar esses dois nutrientes. Por outro lado, existem substâncias que diminuem a absorção do ferro, como o cálcio, fitatos presentes na casca do feijão, grão de bico e de cereais integrais e taninos presentes em chás, refrigerantes e café. Por isso, evite consumir esses nutrientes juntos. Para mais dicas de alimentação para anemia, clique nesse link!


Este texto foi revisado pelo Profissional: Thais Karpowiski (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário