Alecrim ajuda no emagrecimento?

Você está procurando métodos para perder os quilinhos extras e quer saber se alecrim ajuda no emagrecimento? Confira essas e outras informações aqui, no QVB

Sim, o alecrim ajuda no emagrecimento. Além, disso, há outros benefícios que essa erva aromática proporciona ao organismo. Confira, abaixo, alguns cuidados ao ingerir essa planta tão benéfica ao organismo.

Como usar o alecrim para emagrecer?

Alecrim

O chá de alecrim é usado para ajudar no emagrecimento, mas vale frisar que, para obter bons resultados, é necessário aliar o consumo a outras práticas, como uma dieta saudável e a prática de exercícios.

Com ação diurética, o chá de alecrim é ótimo aliado contra a retenção de líquidos, combatendo e evitando o inchaço. As propriedades do alecrim também contribuem para a melhora do trânsito intestinal.

Como fazer chá de alecrim?

O chá de alecrim é bem simples. Você precisará apenas de água e da erva, que é facilmente encontrada em supermercados e lojas de produtos naturais.

Ferva 1 litro de água com 2 colheres de sopa da erva. Após, desligue o fogo e deixa o chá abafado por 10 minutos. Passado esse tempo, coe e beba. Se preferir, pode adoçar com um pouco de mel.

O chá de alecrim pode ser consumido quente ou frio. A sugestão é fazer de manhã e ir tomando ao longo do dia.

[VEJA TAMBÉM: BENEFÍCIOS DO ÓLEO DE ALECRIM]

Propriedades do alecrim

Alecrim

O alecrim possui boas propriedades para a saúde, além do já citado emagrecimento. A erva tem efeito diurético, antibacteriano, antibiótico, analgésico, antifúngico, anti-inflamatório e antidepressivo.

Pode ser usada na forma de chá ou como tempero em carnes, aves e tubérculos. Há vários benefícios encontrados, tais como:

  • Ajuda no emagrecimento;
  • Combate dores de cabeça;
  • Alivia dores de estômago;
  • Combate os sintomas do Alzheimer;
  • Trata infecções;
  • Combate doenças respiratórias, como bronquite;
  • Combate e evita problemas cardiovasculares.

Contraindicações e efeitos colaterais

Não há contraindicações quanto ao uso do alecrim, seja como tempero ou chá. No entanto, não há estudos que comprovam a segurança do chá de alecrim para gestantes. Portanto, grávidas podem consumir como tempero, mas devem evitar o chá.

O consumo em excesso (mais que 4 xícaras por dia) pode causar problemas nos rins, gastrointestinais ou intoxicação.


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário