Açúcar ou Adoçante? Benefícios e Malefícios. Qual escolher?

O brasileiro consome mais açúcar do que deveria. De acordo com uma pesquisa realizada pela Associação das Indústrias da Alimentação e pelo Ministério da Saúde, cada pessoa, no Brasil, consome cerca de 30 kg de açúcar durante o ano.

A recomendação é de 18 kg por ano, ou seja, as pessoas estão consumindo o dobro disso.

O fato é que esse número precisa reduzir, já que o excesso de açúcar está associado a diversas doenças, como diabetes, inflamações e acúmulo de gordura no corpo.

Mas, o que é melhor? Usar açúcar ou adoçante? Esse último, por sua vez, é indicado quando o paciente é acometido por alguma patologia, como diabetes. O segredo está nas escolhas. A seguir, confira, aqui no Quero Viver Bem, mais detalhes importantes sobre o assunto.

açúcar ou adoçante

Benefícios e malefícios do açúcar e do adoçante

Nos tempos de hoje, existe muita confusão a respeito desse assunto, já que as opiniões, até mesmo de especialistas, divergem bastante. Por isso, é importante que as pessoas tenham a informação para tirar suas próprias conclusões.

Açúcar

Existem diversos tipos de açúcar, entre eles:

  • Refinado;
  • Mascavo;
  • Demerara;
  • Cristal.

O refinado é o mais usado e o menos saudável deles, pois passa por um processo de refinamento que retira todas as vitaminas e todos os minerais, tudo isso só para ficar comercialmente mais bonito e aceitável pelo consumidor.

Nesse processo de refinamento, são usados produtos químicos para branquear o açúcar, como a soda cáustica.

açúcar de coco indicação

Quanto menos processos para refinar, mais saudável é o açúcar, sendo assim, na lista dos melhores está o mascavo, seguido do demerara.

Alguns nutricionistas apontam o demerara como melhor, pelo fato de que o mascavo é muito úmido e pode acumular fungos. No entanto, a indústria já está resolvendo esse problema, já sendo possível encontrar açúcar mascavo mais sequinho.

No entanto, é preciso frisar que açúcar é açúcar! O fato de os açúcares mascavo e demerara conterem mais nutrientes e serem menos processados que o refinado não os tornam bons para a saúde. Se consumidos em excesso, também serão prejudiciais.

Saindo do açúcar oriundo da cana, há açúcar de coco, que possui menor índice glicêmico e, dependendo do caso, pode ser uma melhor opção. O mel também é um açúcar mais natural e possui propriedades benéficas. Porém, como mencionado, são açúcares que possuem as mesmas calorias que o açúcar “comum” e, se consumidos em excesso podem trazer problemas.

  • Qual é o melhor açúcar? Na verdade, o ideal mesmo é não adicionar açúcar nenhum aos alimentos, consumindo-os na sua forma natural. Mas sabemos que nem sempre isso é possível, portanto, se você não tem nenhum problema de saúde e nem precisa perder peso, recomenda-se o mel ou mascavo em pequenas quantidades.

Adoçante

Frutose, sorbitol, stevia, xilitol, eritritol e manitol são os adoçantes naturais, enquanto que aspartame, sacarina, sucralose, acessulfame e clicamato são os artificiais.

adoçante ou açúcar

Alguns nutricionistas indicam o uso de adoçantes para quem deseja emagrecer e também para os diabéticos. No entanto, é preciso citar que há profissionais que não são a favor do uso desses produtos edulcorantes.

Para muitos especialistas, o uso desses produtos deve ser feito com moderação, em especial, os que são artificiais, pois são produzidos com muita química e podem promover a morte da microbiota intestinal, favorecendo o aparecimento de doenças.

  • Qual o melhor adoçante? Para quem é diabético ou precisa perder peso, a recomendação segue a mesma: evite adoçar os alimentos! Mas quando quiser, opte pelos adoçantes naturais em doses moderadas!

 

Mas e agora, açúcar ou adoçante? Avaliando de uma forma crítica, as pessoas que não têm nenhuma restrição alimentar, podem optar pelo açúcar mascavo, mel ou de coco em pequenas quantidades, nada em excesso. Lembrando que o açúcar de coco é uma opção com valor bem elevado, por isso muitas vezes é inviável consumi-lo.

Já para quem precisa ou quer perder uns quilinhos ou tem algum problema de saúde como diabetes, recomenda-se o uso de adoçantes naturais como stevia e xilitol, que são mais fáceis de serem encontrados.

alimentos para substituir açúcar

Para alguns nutricionistas, o diabético não deve usar nem açúcar e nem adoçante. Mas, sabemos que isso é impossível.

Realmente, as opiniões se divergem bastante, por isso, é importante que cada pessoa entenda o que cada açúcar e adoçante pode representar para a saúde.

Os adoçantes tidos como naturais são os mais saudáveis, já que são derivados de frutas, como a Stévia e a taumatina, retiradas de extratos vegetais.

Vale ressaltar que o consumo de adoçantes, mesmo que naturais, deve ser moderado, justamente porque outros produtos consumidos ao longo do dia podem conter esses componentes.

Bom senso, equilíbrio e uma dieta balanceada são os segredos para o consumo de açúcar ou adoçante. Pacientes com diabetes devem ser orientados pelos profissionais da saúde com relação ao índice glicêmico dos alimentos, desse modo, é possível fazer um controle melhor da glicemia.

Tanto os açúcares mais saudáveis como os adoçantes podem ser encontrados em lojas de produtos naturais. Os valores são um pouco mais elevados do que os de outros itens encontrados no supermercado, no entanto, são os mais indicados para uma vida saudável.

[CONFIRA TAMBÉM: AÇÚCAR DEMERARA ENGORDA?]


Este texto foi revisado pelo Profissional: Thais Karpowiski (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário