5 dicas para quem está começando a correr

Correr é uma atividade aeróbica perfeita para quem quer manter o peso e adquirir mais resistência física e principalmente cardiovascular. para quem é sedentário e vai começar a atividade agora é preciso estar atento para algumas dicas essenciais para que o emagrecimento e qualidade do treino sejam garantidos e sem danos.

Entre os perigos da corrida de rua ou em casa na esteira estão algumas que prejudicam muito e as vezes até permanentemente a qualidade de vida. Entre elas estão as lesões musculares, desmaios, desidratação e dores.

Algumas atitudes simples bastam para evitar estes perigos. Confira quais são elas:

1 – Procure um médico especializado

medico-especializadoProblemas cardíacos, respiratório, de coluna ou articulações devem ser levados em conta antes de iniciar a prática esportiva. Por essa razão, você deve procurar um médico especialista em prática esportiva para que ele possa solicitar os exames que indicarão as suas condições clínicas. Não ignore essa etapa, pois é uma das mais importantes, por essa razão, ela é a primeira que deve ser seguida.

Conheça o seu corpo e seus limites. Para pessoas que não estão acostumadas com a prática de atividades física é preciso estar atento durante a corrida para sinais de desgastes físicos, como falta de fôlego extrema e incapacidade de continuar, nem sempre forçar é uma boa ideia. Comece com 10 minutos em ritmo lento, com o tempo adquirirá resistência para ganhar velocidade.

2 – Use roupas e tênis adequados

Já citamos acima que esse é um esporte que não pede um investimento pesado em equipamentos. Porém, você não pode abrir mão de um tênis adequado para a corrida e de acordo com a sua pisada. Procure em lojas especializadas as melhores opções de tênis. Saiba que o investimento será em torno de R$400,00, porém, o retorno que ele dará é imenso. Evitará lesões musculares e melhorará sua performance.

O calçado correto lhe ajudará a amortecer o impacto que é perigoso para articulações e músculos que envolvem as juntas, principalmente para aqueles que já tem tendência de doenças na região. Sem contar que ajudam no treino da corrida para que não tenha lesões e foque o máximo no condicionamento físico saudável.

Correr em relevos sinuosos ou com dificuldades ao longo do caminho pode ser bom para aprimorar o seu treino de corrido, no entanto, sem o sapato essencial podem desmotivar durante a corrida.

Além disso, as roupas que você utiliza devem ser apropriadas para corrida. Leves, não podem reter o suor e deve ter as tecnologias mais atuais que garantirão o conforto necessário para o melhor desempenho.

3 – Alongamento e aquecimento sempre!

corrida-mulherComo já foi dito acima, a prática da corrida pode ser perigosa se você não se preparar da forma adequada. E isso vale para o aquecimento e alongamento que devem ser feitos sempre antes e depois da corrida.

Reservar um tempo para isso é fundamental para evitar lesões mais sérias. A dica é executar o aquecimento antes de iniciar e exercícios de alongamento, após o término da corrida. Desta forma, você irá garantir que seus músculos funcionem corretamente sem correr o risco de sérias lesões.

4 – Um passo de cada vez

tenis-adequado-para-corrida-mulherUm erro muito comum cometido por mulheres que começam a correr é sair feita uma louca nos primeiros dias de atividade, isso desmotiva (principalmente no caso de corrida de rua). É fundamental que você passe por um período de adaptação até que seu corpo conquiste a resistência física adequada para começar a correr de verdade.

O indicado é iniciar com um trote de leve e caminhas intercaladas. Além disso, comece em trajetos mais leves e que não exijam demais. É fundamental esquecer as outras pessoas que estão correndo, evitando criar qualquer tipo de competição. Lembre-se que cada um tem seu ritmo e seu tempo de treino.
Faça tudo de forma gradual que aos poucos você vai chegar nos resultados esperados, seja ele de performance, perda de peso ou resistência.

Fiquei ao menos uma semana ou duas para se acostumar com a atividade e a medida que achar que se acostumou com a distância aumente-a. Assim seu corpo nunca ficará estacionado no mesmo patamar de atividade, isso é essencial dentro da corrida de rua e para quem tem o objetivo de emagrecer.

O ideal é tirar uma prova para si mesmo de quanto você consegue todos os dias, existem aplicativos que podem te ajudar a controlar quantas calorias você queima e mostrar quando deve ser o momento de se esforçar um pouco mais.

5 – Atenção para a alimentação e hidratação

A hidratação para quem faz corrida de rua ou em casa é essencial para manter o corpo saudável. Deve-se ingerir água durante a corrida e depois.  O correto são 2 litros por dia, durante e a pós deve-se ingerir pelo menos de 300 ml a 500 ml, isso fará com que o líquido perdido durante o exercício seja reposto.

A alimentação também é importante para quem quer se manter saudável, ela deve repor as energias sem necessariamente entupir de calorias. Alimentos termogênicos podem ajudar  na perda de peso, mas nunca deixe os carboidratos nas porções de comida das principais refeições, ele  lhe dará energia e disposição para correr.

Lembre-se que para emagrecer é preciso queimar mais calorias do que ingere. Com aplicativo de corrida você conseguirá medir quando precisa queimar e quando, assim poderá sempre manter os níveis de exercícios equilibrados.

6 – Apenas corra!

Acredito que você não seja uma corredora profissional, por isso, você não tem um controle da respiração que te permita correr e conversar ao mesmo tempo. Fazer duas coisas de uma única vez é muito difícil, principalmente, quando uma dessas atividades é a corrida. Por isso, para que você tenha resultados interessantes e dentro do esperado, concentre-se em apenas uma cosia por vez.

Por isso, apenas corra nos momentos que você reservou para a atividade. Ter uma amiga do lado ajuda muito e motiva demais, porém, cada uma deve se concentrar para que possa realizar a melhora atividade possível.

A corrida torna-se aos poucos muito mais do que uma atividade física para manutenção da saúde, transforma-se em um estilo de vida saudável e que valoriza a vida. É preciso estar confiante no seu potencial de transformação e ter força de vontade para enfrentar a preguiça dos primeiros dias ou tempo ruim. A medida que os resultados aparecem, fica cada vez mais prazeroso manter-se em atividade.


Este texto foi revisado pelo Profissional: Eduardo Lembi (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

1 Estrela2  Estrelas3  Estrelas4  Estrelas5  Estrelas (Ainda sem avaliações)
Loading...

Quem Leu Este Artigo também costuma ler:

Deixe um Comentário