Linhaça – Benefícios, Tabela Nutricional, Propriedades, Como consumir

A linhaça é a planta qual da origem ao linho, usado para produção de tecido. No entanto, os benefícios deste alimento vai além do setor têxtil, ela é considerada um produto funcional cheio de propriedades importantes para o organismo que ajudam desde manutenção da boa aparência da pele até ajuda no emagrecimento.

Na composição da linhaça estão presentes milhares de proteínas, sais minerais e nutrientes que ajudam na manutenção da saúde. Entre eles fibras alimentares que aumentam o tempo de saciedade, ácidos graxos, ômega 3 e muitos outros. Confira a tabela nutricional completa:

benefícios da linhaça

Tabela Nutricional da Linhaça

Em cada 15 g de semente de linhaça se encontram os seguintes valores nutricionais:

  • Calorias: 43 kcal
  • Carboidratos: 1G
  • Gorduras totais: 3g
  • Gorduras saturadas: 0g
  • Gorduras trans: 0g
  • Fibra alimentar: 3g
  • Ômega 3: 3,58% do valor diário
  • Ômega 6: 6,16% do valor diário
  • Sódio: 7,8 mg
  • Vitamina B1
  • Vitamina B2
  • Vitamina C
  • Vitamina E
  • Betacaroteno
  • Fonte de Ferro: 3% do valor diário
  • Fonte de Zinco: 6% do valor diário
  • Magnésio: 13% do valor diário
  • Fósforo: 9% do valor diário
  • Pequenas quantidades de cálcio :2% do valor diário

Com tantas propriedades em um alimento tão pequeno ela foi intitulada como uma das super-comidas que deve fazer parte do seu cardápio, mesmo que em pequenas quantidades. Para ajudar na inclusão você pode escolher consumi-la no meio de massa, pães, bolos, iogurtes, barras de cereais e algumas receitas funcionais.

Linhaça emagrece? Saiba como incluir no cardápio

A Linhaça é um dos alimentos que faz parte do cardápio de quem quer emagrecer. Ela ajuda nesta questão porque contém gorduras boas, as quais aumentam os níveis de colesterol bom (HDL) e abaixam os níveis do ruim que entope as veias e causa acúmulo de gordura.

Além disso, por conter pouca quantidade de carboidratos se sai como um bom substituto à pães, queijos e massa gordas.

Suas fibras insolúveis – contém 5 vezes mais do que a Aveia- quando chegam no estômago formam um gel que auxilia numa digestão mais longa, sem picos glicêmicos – na prática, isso prolonga o seu tempo de saciedade e ajuda a controlar o apetite.  Esta função pode te ajudar na hora de respeitar as dietas.

Se você quer a ajudar da linhaça para perder peso então inclua ao menos uma colher de sopa pela manhã e outra a tarde. Você pode consumi-la durante o café ou lanches da tarde para garantir que os níveis de açúcar se estabilizem.

linhaça emagrece

Benefícios

Não é somente no emagrecimento que a linhaça tem seu papel garantido. Ela também aumenta o coeficiente metabólico, são excelentes alternativas na recuperação de exercícios físicos e mais uma série de benefícios que seguem listados abaixo:

  • Hidrata a pele
  • Dá mais força e vitalidade aos cabelos e unhas
  • Deixa a pele mais brilhante
  • Previne o câncer de cólon
  • Regulariza as funções intestinais
  • Combate o câncer de mama, próstata e pulmão
  • Dá mais energia
  • Ajuda na diminuição da tensão e ansiedade
  • Pode ser utilizada no tratamento de esquizofrenia
  • Diminui a ação inflamatória
  • Ajuda o rim a excretar líquidos com sua função diurética
  • Fortalece o sistema imunológico
  • Baixa o colesterol e previne doenças cardíacas
  • Ajuda no tratamento da obesidade
  • Ajuda no tratamento da diabetes (é uma alimento dietético)

Tipos de linhaça – Qual é a melhor?

tipos de linhaçaÉ possível encontrar a linhaça em forma de óleo, farinha ou semente. Ela pode ser encontrada em mercados convencionais com pequenas quantidades ou em lojas de produtos naturais. Os tipos mais  comercializados são a dourada e a marrom, sendo que não há muitas diferenças nutricionais entre elas. Geralmente a marrom pode conter um pouco mais de ácidos graxos.

A melhor forma de se utilizar a linhaça é em pó. Acontece que a semente tem uma casca muito grossa, a qual pode encontrar algumas dificuldades no momento da digestão no trato intestinal e acabar sendo eliminada pelas fezes sem extração máxima de seus nutrientes.

Tanto a farinha quando a semente podem ser consumidas junto a outros alimentos, somente no suco que ficam um pouco inviável.

O óleo da linhaça por sua vez, apesar de um pouco mais caro, são ideias para hidratações da pele e cabelos. Eles são excelentes fontes de ômega 3 e 6. A principal diferença entre os demais tipos é o sabor  um pouco mais forte e amargo. Não é qualquer pessoa que acaba gostando do gosto, mas dependendo da receita ele pode ficar não tão evidente.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply