Importância da carne Branca na Dieta e como incluir corretamente

As carnes são alimentos que não podem faltar em um cardápio, em especial a carne branca. Seus benefícios para a saúde fazem dela uma ótima aliada e parceira na criação de refeições bastante variáveis.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda uma porção de 100 gramas de carne por dia, divididos conforme a preferência e a necessidade de cada um. Para calcular, essa porção se equivaleria a palma da mão de um adulto.

carne branca faz bem

 

Benefícios da carne branca na dieta

Em tese as carnes brancas na alimentação estão recheadas de vantagens – e são mais que as da carne vermelha.

Além de serem bem mais fáceis de serem digeridas, as carnes brancas apresentam:

  • Menor quantidade de lipídios,
  • Menor quantidade de gordura saturada,
  • Menor quantidade de colesterol.

A carne branca é fonte de ômega 3 e ômega 6, possuindo também riqueza em ácidos graxos – que têm como função melhorar o funcionamento do organismo e contribuir para uma boa nutrição.

Não somente isso, destaca-se a importância da carne branca na dieta por serem boas fontes de:

  • Ácido pantotênico (nome designado para a vitamina B5),
  • Ferro,
  • Fósforo,
  • Niacina (vitamina do complexo B),
  • Potássio.

Entre as carnes brancas, o peixe é a opção mais recomendada, pois se torna uma excelente fonte de minerais importantes para o funcionamento do organismo, tais como o cálcio, fósforo, iodo, cobalto e vitaminas A, B e D.

Alguns outros peixes são ricos em ômega 3, gordura benéfica ao corpo – auxilia na diminuição do risco de doenças cardíacas, aterosclerose (endurecimento das artérias) e também ajuda no tratamento de inflamações, na regeneração das células nervosas e no desenvolvimento cerebral.

Carne Branca X Carne Vermelha – Qual é melhor?

A carne branca é tida como uma carne magra, especialmente por apresentar uma quantidade menor de gorduras e lipídeos.

Já a carne vermelha, apenar de muitas controversas, também faz bem para o organismo, pois oferece vários nutrientes fundamentais para tais como o caso do ferro – prevenindo a anemia e atuando na formação da hemoglobina (que faz o transporte do oxigênio) e uma provável anemia. Veja aqui uma lista completa dos demais alimentos ricos em ferro.

Na carne vermelha, há também proteínas que favorecem o desenvolvimento muscular e dos tecidos do corpo. Esse tipo de carne contém nove aminoácidos essenciais e é a principal fonte da vitamina B12.

O mal da carne vermelha está no preparo – que seja bem passada, sem torrar, assim evita-se o aumento do risco de câncer por conta das substâncias prejudiciais que podem se formar.

A carne bovina, por exemplo, tem uma quantidade maior de gordura saturada do que uma carne de frango. Esse tipo de gordura é responsável pelo grande número de casos de problemas cardíacos do mundo atual.

É comprovado que a carne branca é mais magra que a carne vermelha, sendo também mais saudáveis. No entanto, ambas devem fazer parte da dieta, pois são compostas por benefícios (vitaminas, nutrientes e proteínas) que são indispensáveis à nossa saúde.

carne branca ou vermelha

Cuidado, carne branca em excesso faz mal

As carnes brancas não oferecem tanto risco como a carne vermelha, pois possuem menos gordura, mas também não devem ser consumidas de maneira excessiva. Não há qualquer estímulo ao consumo de carne sem limites.

Outro risco muito comum nas mesas dos brasileiros está relacionado com os produtos embutidos – os famosos presuntos, salames, salsichas e linguiças. Essa carne processada aumenta o risco de câncer, conforme dados da OMS, e doenças do coração.

Carne em excesso tem relação com o câncer – o excesso de carne vermelha, por exemplo, pode favorecer o desenvolvimento de câncer colorretal, de próstata e de pâncreas. O alto consumo também promove problemas ambientais sobre a produção, bem como sendo um causador do desmatamento e da emissão de gases de efeito estufa.

quantidade de carne brancaDicas interessantes para melhorar a saúde sem deixar de comer carne vermelha e apostar mais na carne branca:

  1. Varie entre as carnes de frango e peixe,
  2. Opte por ensopados, grelhados e assados,
  3. Evite essas carnes em frituras,
  4. Para dar mais sabor e proporcionar mais benefícios ao organismo, acrescente legumes, hortaliças, vegetais e frutas.

Como a carne branca possui menos proteínas que a carne vermelha, você pode adotar em seu cardápio fontes vegetais, como as folhas verde-escuras, cogumelos, quinoa, milho, grão-de-bico, brotos em geral, ervilha e feijão-fradinho.

Por isso, lembre-se da importância da carne branca na dieta, sempre com moderação e variando os alimentos para não enjoar. Procure um nutricionista para dar auxílio na montagem de um cardápio bem apetitoso e rico.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply